Opinião: A ÚLTIMA CAMPANHA DO CICLO PETISTA

Algumas delas podem ser assim lembradas: o apartheid social desenhado pelo PT por meio de seu insistente bordão: “nós e eles”; o desfile de caras e bocas na mídia eleitoral, cuja audiência foi um fracasso face à rejeição do eleitor aos políticos

Para se fazer poesia, não basta emoção

Do que se faz um poeta? Dar resposta a essa pergunta não é tarefa das mais fáceis, mas, para enfrentar esse desafio, o poeta Anderson Braga Horta aceitou prestar um depoimento ao poeta, jornalista e professor de Literatura Brasileira da Universidade Federal da Paraíba, Sérgio de Castro Pinto.

ANTÓNIO GUTERRES. Por Francisco Seixas da Costa

Surpreende-me não ver uma linha sobre o papel que setores do Partido Popular Europeu estão a desenvolver, tentando criar condições para que a vice-presidente da Comissão Europeia, Kristalina Georgieva, surja rapidamente na liça – agora que a expressiva última votação em Guterres claramente assustou quem deseja a sua derrota.

Tempos de Expressão Superlativa. Por Gaudêncio Torquato

Para compreender como o cacarejo adquiriu importância central em tempos de campanha eleitoral, é oportuno lembrar as tintas que desenham nossa iden­tidade. Os estudiosos do ethos nacional costumam apontar, entre os valores que o plasmam, a falta de precisão, a adjetivação excessiva, o individualismo, a propensão ao exagero.

Opinião: Esquerda brasileira subdesenvolvida

Fundamentalmente, em primeira plana a esquerda lutou pelos direitos, garantias individuais e liberdades públicas, sufocadas por regimes, monárquicos ou não, que batalharam em favor do que é hoje a camada de direitos de primeira geração

Concessão de nacionalidade aos netos de portugueses: um atraso inaceitável

A falta de atuação do poder executivo na expedição de normas regulamentares e complementares necessárias à lei que concedeu o direito à nacionalidade portuguesa aos netos de portugueses que a pretendem obter afigura-se como incompreensível e inaceitável por aqueles que lutaram para a sua aprovação e para os que desejam beneficiar da referida concessão legal.

PORTUGAL ATAFEGADO COM O FUMO DOS FOGOS E DA CORRUPÇÃO

A grande ilusão deste país é pensar que a solução dos problemas virá da direita ou da esquerda e não do trabalho produtivo da iniciativa privada e do Estado! Há interesses instalados que fazem lembrar Nero a estimular a veia poética no ver o espectáculo de Roma a arder e no ouvir as vozes dos cidadãos a discutir sobre bodes expiatórios!

A “LÍNGUA” BRASILEIRA

Por Humberto Pinho da Silva Circula, pela Internet, oportuno abaixo-assinado, com origem no Brasil, que aborda o uso excessivo de …

BYE, BYE! Por Francisco Seixas da Costa

No que a Portugal toca, e dado que muito do que pode afetar-nos, se as coisas correrem mal pela Europa, não temos condições para influenciar e poder evitar, há que estar muito atento, tendo a determinação política para deixar claro que nenhum grupo de Estados, da Europa “que fica”, se pode arrogar o direito de definir o futuro coletivo

António Gomes da Costa, por Francisco Seixas da Costa

Na história da comunidade luso-brasileira, poucas pessoas podem ombrear com António Gomes de Costa na sua devoção à tarefa de proteger, no Brasil, e com persistência, o bom nome dos portugueses, a dignidade da história lusa, a promoção da amizade entre os dois povos.

O novo presidente em dez pontos, por Francisco Seixas da Costa

Fiquei com a sensação de que foi ainda o “professor Marcelo” quem ontem falou ao país. Estava lá a pedagogia, a apresentação académica e equilibrada das teses e a avaliação neutral da racionalidade das mesmas. Só faltaram as notas… Mas não desgostei, confesso!

Lula no governo? Por Francisco Seixas da Costa

A possibilidade de Lula da Silva passar a integrar o governo brasileiro, que nas últimas horas tem vindo a ser especulada, não poderá deixar de ser considerado um momento triste para a democracia brasileira.

Lula, por Francisco Seixas da Costa

Ao contrário de muitos dos meus amigos brasileiros e de alguns portugueses, fico triste com a detenção do antigo presidente brasileiro Lula da Silva. Seria muito mais fácil não o dizer no dia de hoje, mas digo-o, sem hesitações.

Crônica: Maria – vai – com – as – outras

Passeava, calmamente, num ensolarado domingo, deste ameno Inverno, pela movimentada rua de Santa Catarina, antiga da Bela Princesa, quando cruzo com cavalheiro, trajado a primor, na companhia de mocinha franzina, de belos cabelos doirados e belos olhos azuis, cor de miosótis.

Gastronomia com lembranças da infância

Seus pratos não precisam ser contemporâneos, modernos ou gourmet, mas se alguns desses estilos te fizerem recordar um momento especial, pode ser também. A essência da Comfort Food é representar os aromas e sabores que marcaram nossa infância ou uma situação agradável pelo qual passamos.

Lusofonia, economia e mercado

Só em conjunto se conseguirá reagir contra o neocolonialismo das multinacionais das grandes potências interessadas em criar estruturas de dependência tecnológica e econômica que amarram os países indefesos aos seus mercados e às suas condições.

Send this to a friend