Carta aberta faz “apelo” pela revogação do artigo 14 da Lei de Nacionalidade

Uma “carta aberta” dirigida aos deputados da Assembleia da República Portuguesa, divulgada no último dia 28, fala das recentes alterações da Lei da Nacionalidade, que alargam a aquisição da nacionalidade portuguesa. A carta porém critica uma “evidente injustiça imposta pelo artigo 14 da atual Lei da Nacionalidade”, que não permite a aquisição da nacionalidade portuguesa aos filhos e netos reconhecidos na maioridade.

Monumentos ao Emigrante em Portugal

A dimensão e relevância da emigração no território nacional, uma constante estrutural da sociedade portuguesa, têm impelido a construção nos últimos anos, um pouco por todo o país, de vários monumentos ao emigrante, com o objetivo de reconhecer e homenagear

O veto injusto à nacionalidade de filhos de portugueses

Já não é de hoje que os filhos de portugueses, que tiveram o seu registo de nascimento ou reconhecimento da paternidade obtido após terem atingido a maioridade, se deparam com a proibição de obter o reconhecimento da sua nacionalidade portuguesa por atribuição.

As remessas dos emigrantes desde o 25 de abril de 1974

Tornou-se habitual observar que a imprensa de Portugal dá algum destaque aos emigrantes nas edições do início do mês de agosto de cada ano, por ser uma altura em que muitos portugueses residentes no estrangeiro voltam ao país para desfrutar das férias anuais, de tal forma que o dia 1 de agosto se tornou quase numa espécie de “dia do emigrante”.