Sete filmes de produção portuguesa no festival do Rio de Janeiro

Da Redação
Com Lusa

Sete filmes de produção portuguesa, entre os quais “Vitalina Varela”, de Pedro Costa, “Technoboss”, de João Nicolau, e “Frankie”, de Ira Sachs, estão no Festival do Rio, que começa nesta segunda-feira no Rio de Janeiro.

“Todos sabemos da importância da cultura em nosso país. E, não por acaso, lutamos tanto pela realização desta edição”, refere a organização do festival.

Até o dia 19, serão mostrados alguns dos filmes, entre produções brasileiras e estrangeiras. Estão programados sete filmes portugueses e de coprodução internacional, incluindo “No quarto da Vanda” e “Vitalina Varela”, ambos de Pedro Costa.

Na secção “Expetativa 2019” foram incluídos “Alva”, de Ico Costa, e “Campo”, documentário de Tiago Hespanha, enquanto “O filme do Bruno Aleixo”, de João Moreira e Pedro Santo – que estreia em Portugal em janeiro – será exibido na secção “Midnight”.

No “Panorama do Cinema Mundial” serão mostrados “Technoboss”, de João Nicolau, e “Frankie”, filme do realizador norte-americano Ira Sachs, rodado em Portugal, com Isabelle Huppert.

Da programação geral, destaque para outras obras que têm sido exibidas em festivais internacionais, como “O traidor”, de Marco Bellocchio, “Jojo Rabbit”, de Taika Waititi, “Judy”, de Rupert Goold, e “Os mortos não morrem”, de Jim Jarmusch.

O Festival do Rio, a cumprir a 21.ª edição, estará repartido por mais de uma dezena de espaços culturais da cidade, entre os quais o Instituto Moreira Salles, a Reserva Cultural Niterói e a Cinemateca do Museu de Arte Moderna.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend