Instituto de Estudos Superiores de Fafe passa a aceitar notas do Enem

Da Redação

O acordo do governo brasileiro via Enem já chegou a 42 instituições de Portugal. As notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) serão aceitas para concorrer a uma vaga agora também no Instituto de Estudos Superiores de Fafe (IESFafe), norte de Portugal.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) firmou acordo para uso das notas do exame na seleção de brasileiros em seus cursos de graduação. A instituição situada na cidade de Fafe é a 42ª da educação superior portuguesa a fechar o acordo.

O presidente do Inep, Alexandre Lopes, destacou o avanço no acordo. “Esse tipo de convênio é uma forma de facilitar o acesso dos estudantes brasileiros às instituições internacionais”, afirmou. Lopes ressaltou, ainda, que o objetivo é estender o convênio para outros países. “Iniciamos as tratativas com a Embaixada da Espanha para que as instituições de ensino superior espanholas também aceitem o Enem como prova de acesso”.

Pelo Enem Portugal, como é conhecido o convênio, mais de 1,2 mil brasileiros já ingressaram em instituições portuguesas em cinco anos. Para Enrique Vásquez Justo, presidente do IESFafe, a instituição está preparada para receber os estudantes brasileiros. “Oferecemos curso de licenciatura e mestrado nas áreas de educação, tecnologia, gestão de empresa e turismo”, frisou.

Renovação – As universidades de Coimbra e do Algarve renovaram o convênio com o Inep neste ano, informou o governo brasileiro. A primeira parceria ocorreu há cinco anos.

Cada instituição define as regras e os pesos para uso das notas. Os convênios não envolvem transferência de recursos e não preveem financiamento estudantil pelo governo brasileiro.

A revalidação de diplomas e o exercício profissional no Brasil dos estudantes que cursarem o ensino superior em Portugal estão sujeitos à legislação brasileira. As instituições de ensino superior portuguesas signatárias de convênio são responsáveis pela comunicação oficial com os candidatos admitidos em seus cursos sobre essas regras.

IESFafe e Brasil

Neste mês, a IESFafe também anunciou um convênio com a Faculdade Guairacá, localizada em Guarapuava no Paraná. O convênio permite a ampliação dos projetos desenvolvidos pelo CIIDEBE (Centro de Investigação e Intervenção em Desporto, Educação e Bem-estar), além de possibilidades de mobilidade estudantil.

O CIIDEBE é um projeto de extensão do Colegiado de Psicologia que atende atletas de diversas modalidades, como judô, atletismo e futebol, com o objetivo de fornecer o acompanhamento psicopedagógico aos atletas e familiares. Além disso, a pesquisa e ações de bem-estar para a comunidade também são focos do projeto. Ele também conta com uma sede em Portugal, no Instituto de Estudos Superiores de Fafe.

O convênio assinado no último dia 09, segundo a professora Jaqueline Puquevis de Souza, concretiza as parcerias já consolidadas. “Vamos ampliar as possibilidades de pesquisa e até de intercâmbio entre os alunos da Guairacá e do Instituto de Estudos Superiores de Fafe”, comenta.

A professora do IESFafe e também diretora científica do CIIDEBE, Cristina Costa Lobo, esteve presente na ocasião. Para ela, este encontro representa a dimensão internacional do CIIDEBE. “O CIIDEBE nasceu aqui, mas já está presente em Portugal conosco. Ele surgiu na Guairacá, mas, hoje, pertence ao mundo”.

Já o presidente do IESFafe, professor Enrique Vázquez Justo, ressaltou a troca de experiências durante o encontro. “Levo para lá, sobretudo, gratidão, experiências, conhecimento e crescimento. Estou voltando para nossa instituição com novas ideias, projetos e concretizações”, afirma.

O ato aconteceu durante o 2º Seminário Internacional de Psicologia do Esporte, que celebrou os dois anos de existência do CIIDEBE. O evento reuniu atletas, alunos e profissionais que participam do projeto para assistir a mesa redonda “Desafios do esporte no Brasil e na Europa”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend