Equador declara emergência devido à entrada de venezuelanos

Venezuelanos refugiados em Boa Vista. Foto Agencia Brasil

Da Redação
Com EBC

O governo do Equador declarou estado de emergência no setor de mobilidade humana nas províncias de Carchi, Pichincha y El Oro. A medida foi definida em decorrência da necessidade urgente, segundo as autoridades, de prestar apoio aos imigrantes procedentes da Venezuela. De acordo com os dados oficiais, são cerca de 4.200 venezuelanos que chegam diariamente ao país.

As autoridades do Equador informaram que, com a iniciativa, a expectativa é dar uma resposta “eficaz e contundente” para a preservação dos imigrantes que ingressam em território equatoriano.

O vice-ministro de Mobilidade Humana, Santiago Chávez, disse que o objetivo é estabelecer um plano de contingência e ações de atenção humanitária. Segundo ele, serão realizadas reuniões com os representantes provinciais e também da Organização das Nações Unidas (ONU).

Em comunicado, o Ministério das Relações Exteriores do Equador informou que está sendo definida uma coordenação entre as entidades públicas, as seções e a cooperação internacional, com suas competências e responsabilidades.

No Brasil, o STF indeferiu pedido de um juiz de Roraima que suspendia a entrada de venezuelanos pela fronteira do Estado.

Também em Portugal, o governo aplica planos especiais para o regresso de emigrantes. O Governo da Madeira revelou que as autoridades madeirenses estimam que mais de quatro mil os emigrantes portugueses na Venezuela já regressaram ao país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend