Coronavírus: 5 mil mortos na Europa, 10 mil no mundo

Da Redação
Com agencias

Mais de cinco mil pessoas na Europa já morreram infectadas com Covid-19, segundo um balanço da Agência France Press a partir de fontes oficiais às 11:00 desta sexta-feira.

Um total de 5.168 mortos foram registrados na Europa, a maioria em Itália (3.405), o país mais afetado do mundo.

Com cerca de 1.034 novas mortes nas últimas 24 horas para um total de 110.668 casos de contaminação, a Europa é o continente mais afetado pela pandemia.

Mais de 10 mil pessoas já morreram em todo o mundo, e infectou mais de 235 mil pessoas no mundo, depois dos números da Europa, a Ásia apresenta 3.431. Destaque também para o Irã, com 1.284 mortes em 18.407 casos.

Das pessoas infectadas, mais de 86.600 recuperaram da doença.

O Ministério da Saúde de Espanha anunciou nesta sexta-feira um total de 19.980 casos confirmados e 1.002 mortes.

Nas últimas 24 horas, Espanha registrou 2.833 novos casos de Covid-19, um aumento de 16,5% em relação a quinta-feira, e mais 235 mortes.

Segundo o diretor do Centro de Alertas e Emergências de Saúde daquele Ministério, Fernando Simón, 1.141 pacientes estão internados em unidades de cuidados intensivos.

A Alemanha confirmou até agora 13.957 casos de infecção pelo novo coronavírus, um aumento de 2.958 desde o balanço do dia anterior.

Os dados oficiais indicam ainda que há 31 vítimas mortais na Alemanha, o terceiro país com mais casos da Europa e o quinto mais afetado do mundo.

O governo anunciou, ao início da semana, um conjunto de medidas restritivas “sem precedentes”. Esta quinta-feira, a ministra da defesa, Annegret Kramp-Karrenbauer revelou ter convocado militares na reserva para ajudar a combater a propagação do novo coronavírus.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se já por 179 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Vários países adotaram medidas excepcionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) elevou o número de casos confirmados de infecção passou de mil, já foram registradas 6 mortes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend