TAP batiza um dos novos aviões em homenagem ao músico dos Xutos & Pontapés

Foto: Kalú, Tim, Gui, a viuva de Zé Pedro, Cristina Avides Moreira, e João Cabeleira, durante a cerimônia do novo Airbus A321neo da TAP com o nome “Zé Pedro” em memória ao falecido membro da banda Xutos e Pontapés, no Campus TAP, em Lisboa, 08 de fevereiro de 2018. MÁRIO CRUZ/LUSA

Da Redação
Com Lusa

A companhia aérea TAP batizou um dos novos aviões de “Zé Pedro”, em homenagem ao músico dos Xutos & Pontapés. A cerimônia aconteceu nesta sexta-feira, em Lisboa.

A transportadora portuguesa deu o nome do guitarrista ao novo Airbus A321neo. O avião, que integra frota do médio curso da companhia, tem também o simbólico “X” da banda inscrito.

Kalú, Tim, Gui, a viuva de Zé Pedro, Cristina Avides Moreira, e João Cabeleira, estiveram presentes na cerimônia de batismo do avião com o nome “Zé Pedro” no Campus TAP. “O céu agora terá um brilho especial”, escreveu a TAP nas redes sociais. “Já brilha”, acrescentaram os Xutos.

“Este foi um processo muito pensado. A TAP discutiu este processo internamente e chegou à conclusão de que não havia melhor homenagem a ser feita. E é única. (…) É o único avião com um nome de um ‘rockeiro’ que conhecemos e é um orgulho enorme para Portugal e para toda a TAP”, começou por explicar o presidente executivo (CEO), Antonoaldo Neves, na cerimônia de batismo.

No Hangar 6 do Campus TAP, em Lisboa, o presidente executivo da TAP disse ainda, perante familiares e amigos de Zé Pedro, que morreu em 30 de novembro de 2017, bem como de trabalhadores, que aprendeu “uma coisa incrível”, lendo, sobre o músico.

“Segundo li, a forma como começou os Xutos foi com um anúncio num jornal para contratar um baixista e um baterista. Pensem na atitude de um líder que faz um movimento, de há décadas, colocar um anúncio para começar uma banda. Como presidente da Comissão Executiva da TAP, a mensagem que gostaria de deixar a todos os portugueses e todos os trabalhadores é: com uma simples atitude podemos mudar o destino de um país, o destino de uma companhia aérea. É isso que, como líder que o Zé Pedro foi, nos ensinou”, afirmou.

Antes, também o presidente do Conselho de Administração da TAP, Miguel Frasquilho, tinha sublinhado a importância para a companhia de se associar a esta homenagem ao icônico músico.

“A TAP cumpre 73 anos de vida fantásticos e é natural que durante estes 73 anos tenhamos vivido momentos historicamente muito importantes. E este é um momento historicamente também muito importante, muito especial. Ao longo dos últimos anos a TAP tem vindo a percorrer um processo de transformação virtuoso, de crescimento, de novas rotas, novas aeronaves, e nesta fase nada melhor do que podermos contar com a energia positiva do Zé Pedro, que vai passar a estar eternamente connosco”, afirmou Miguel Frasquilho.

O ‘chairman’ da TAP lembrou ainda que a TAP “tem vindo a contribuir para afirmar Portugal no mundo” e que quer “contribuir ainda mais”.

“Hoje com a ajuda do Zé Pedro damos mais um passo. Com esta aeronave, estou certo, o Zé Pedro já não será o único a olhar o céu (…)”, afirmou, fazendo alusão a uma música dos Xutos e Pontapés.

Esta homenagem acontece no ano em que os Xutos & Pontapés celebram 40 anos e lançam um novo álbum, o último em que o Zé Pedro participou, iniciando também uma digressão que conta com o apoio da TAP.

Foi a primeira vez que a TAP escolheu um músico rock para a lista de homenageados. “Zé Pedro” junta-se a uma extensa lista do panorama cultural português, da qual fazem parte nomes como Amália Rodrigues, José Saramago, Manoel de Oliveira, Gil Vicente ou Eusébio, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend