“Cancelamento sucessivo” de voos da TAP e easyJet na Madeira

Da Redação
Com Lusa

O Governo Regional da Madeira manifestou seu degradado junto das companhias aéreas TAP e easyJet, as únicas que operam regularmente na região, devido ao “cancelamento sucessivo” de voos nos últimos dias, informou o vice-presidente do executivo.

Governo Regional decidiu manifestar por escrito o seu voto de desagrado”, disse Pedro Calado aos jornalistas, à margem de um evento cultural em que participou.

O governante reconhece que o cancelamento de voos tem ocorrido por motivos operacionais das duas companhias, mas considera importante também manifestar o desagrado uma vez que a Madeira, como região insular, está totalmente dependente das ligações aéreas.

“Não podemos deixar de manifestar esta nossa insatisfação ao nível institucional, porque o povo da Madeira tem sido muito prejudicado”, disse Pedro Calado, realçando, no entanto, que as cartas foram remetidas apenas à easyJet e à TAP e não ao Governo da República.

O vice-presidente do governo regional vincou, por outro lado, que a Madeira deveria estar salvaguarda quanto ao cancelamento de voos por motivos operacionais, sobretudo por parte da TAP, uma vez que “ainda tem a maioria de capitais públicos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend