José Cesário leva pedido de São Paulo ao Parlamento

Portugueses carenciados poderão ter apoio do governo para retornar à Portugal, caso solicitação do Dr. Julio Rodrigues seja aceita.

Por Odair Sene Mundo Lusíada

Mundo Lusíada

>> Líderes e empresários da comunidade luso-brasileira em almoço na sede do Banco Banif em São Paulo.

Em 25 de abril, data especial para a lusofonia em todo o mundo, quando se comemora a Revolução dos Cravos em Portugal, o ex-Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas e deputado José Cesário esteve na sede do Banif em São Paulo, em almoço oferecido pelo banco ao político do PSD (Partido Social Democrata).

Durante o almoço, com representantes da comunidade lusa em São Paulo, o presidente do banco Dr. Julio Rodrigues fez um pedido ao deputado Cesário para ser levado ao parlamento português, solicitando maior atenção aos idosos e carenciados sem condições de voltarem à terra natal.

“O país se modernizou muito, as cidades antes pequenas hoje são colossais, são metrópoles realmente como São Paulo, Rio de Janeiro, Niterói, Santos. Nós vemos que existe um trabalho, digamos, um pouco tímido do governo português neste sentido” defendeu. “Eu sei das implicações e dificuldades de levar uma família ou uma pessoa para Portugal, mas reiterei o pedido porque temos pessoas que perderam família, que se marginalizaram na sociedade por problemas, vícios, doenças, talvez até por não ter condição de sobreviver na sociedade. Essas pessoas seriam melhor orientadas em Portugal”.

Segundo Dr. Rodrigues, são pessoas de todas as idades e este trabalho, através de uma parceria com entidades de classe e filantropia da comunidade, poderia realizar um cadastramento destas para retornar ao país, o que não iria “pesar demais” na estrutura do governo português. “Seria importante que essas pessoas pudessem retornar à Portugal, ao seio da família e ter um fim de vida mais decente”.

O presidente do Banif revelou ser “no aspecto ideológico e político” partidário do PSD. “Me oriento pela ideologia de um partido moderno, de centro, visão abrangedora da nossa vida e economia”. Mas defendeu que o encontro observou com muito interesse assuntos da economia portuguesa e das novas lideranças e eleições que se aproximam, “num clima de muita amizade e com pessoas que são ligadas não só ao PSD mas ligadas às coisas de Portugal e da comunidade”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Send this to a friend