Nova chef assume coordenação do projeto Down Cooking com oficinas gastronômicas

Da Redação

O próximo dia 21 de março terá um significado a mais para a chef Patricia Lopes, da Cook it®. Ela acaba de assumir a coordenação das oficinas de “Down Cooking”, do Instituto Chefs Especiais, e irá celebrar o Dia Internacional da Síndrome de Down, ensinando aos alunos a preparar mais uma receita.

O Instituto Chefs Especiais é uma organização sem fins lucrativos criada em 2006 em São Paulo, com o objetivo de facilitar a inclusão social e autonomia das pessoas com Síndrome de Down por meio de experiências na cozinha.

A chef já participa do projeto há 5 anos e conta que toma suas decisões sempre baseada em ter um propósito na sua vida, movida pelos seus valores pessoais e pela missão de ajudar o próximo.

Destinadas a jovens adultos portadores de Síndrome de Down com mais de catorze anos, as atividades do projeto Down Cooking têm como foco promover maior autonomia no dia a dia dos participantes. “São pessoas que têm uma expectativa de vida maior que no passado”, conta ela. “Muitas vezes, eles até moram sozinhos, então é importante que a sociedade os ajude a ter o máximo de autonomia”, conta a chef Patricia Lopes.

Na prática, além de ministrar aulas e criar as receitas que serão ensinadas, Patricia supervisiona os chefs especiais durante os encontros e, também, as atividades da equipe de voluntários. “As oficinas são 100% mão na massa”, explica a chef. “Eu sempre penso em preparações fáceis de fazer, muito gostosas e que demandam utensílios que os alunos possam utilizar com segurança, sem a necessidade de supervisão”, comenta.

O aprendizado no projeto Down Cooking é de mão dupla, como explica a chef. voluntária no Instituto desde 2014. Ela conta que aprende muito mais do que ensina, todos os dias. “Todos nós somos diferentes e únicos”, conta a chef Patricia Lopes.

“Pessoas com Síndrome de Down têm leveza, são totalmente sinceras e muito autênticas, independente de convenções sociais. Realmente é um privilégio essa oportunidade de convívio, pois eles representam para mim uma fonte inesgotável de inspiração”, finaliza ela.

Dados sobre a Síndrome de Down

Acredita-se que o número de brasileiros com Síndrome de Down seja superior a 300 mil pessoas. Não há dados específicos para o Down, mas a estimativa é levantada com base na relação de 1 para cada 700 nascimentos, levando-se em conta toda a população brasileira.

No último Censo, em 2010, 23,9% dos entrevistados disseram possuir alguma deficiência, sendo que mais de 2,6 milhões declararam ter deficiência intelectual.

O Dia 21 de Março, Dia Internacional da Síndrome de Down, tem o objetivo de promover a conscientização e a inclusão de pessoas com Down, assim como garantir direitos igualitários.

Formada chef de cuisine e restauranteur pelo Centro Europeu, em Curitiba, Patricia Lopes aperfeiçoou seus conhecimentos gastronômicos em escolas renomadas como Le Cordon Bleu, em Londres, e Universidad Iberoamericana Ciudad de México.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend