Destaques da Semana: Portugal campeão no apagar das luzes

O capitão da Seleção portuguesa de Futsal, Ricardinho (C), comemora com os restantes membros da seleção em frente ao Palácio de Belém após ter sido recebida pelo Presidente Marcelo Rebelo de Sousa em Lisboa, 11 de fevereiro de 2018. NUNO FOX/LUSA

DESTAQUES DA SEMANA
Por Emídio Tavares

 

Europeu de futsal
Portugal campeão no apagar das luzes

Ao vencer no último domingo na Eslovênia, a Ucrânia por 5×3, no Europeu de Futsal, Portugal garantiu o 1o lugar de seu grupo e conheceu seu adversário dessa terça na semifinal, o Azerbaijão, quando com mais 4 gols de Ricardinho (agora o maior goleador das fases finais do Europeu de todos os tempos) goleou por 8×1 garantindo vaga nas semifinais contra a Rússia, vice-campeã europeia e que eliminou os donos da casa.

Na partida contra os russos nova vitória, agora por 3×2, e que garantiu vaga na final contra a Espanha, que por sua vez venceu só nos pênaltis (após empate por 4×4 no tempo regulamentar e 1×1 na prorrogação) conseguiu eliminar o Cazaquistão.

Na grande decisão desse sábado (que repetiu a final de 2010 na Hungria, oportunidade em que a seleção lusa ficou com o vice-campeonato), Portugal saiu a frente no 1o minuto com Ricardinho (eleito o melhor jogador do Europeu), sofreu o empate no 1o tempo e a virada a 7 minutos do final, e quando os espanhóis já comemoravam o título (a 1 minuto do término do tempo regulamentar) conseguiu levar a partida para a prorrogação com um gol salvador de Bruno Coelho. Nos 10 minutos de prolongamento as equipes trataram de se defender e fazer o tempo passar; e novamente, quando todos já imaginavam uma decisão por pênaltis, Portugal surpreendeu novamente com Bruno Coelho que no minuto final fez de falta o gol consagrador do título inédito de campeão europeu. Enquanto a Espanha venceu 2 e empatou 2 partidas na fase de grupos para chegar a final, Portugal venceu as 4 que disputou para garantir presença na final, na qual, com a vitória (a 2a contra os espanhóis, que em 22 venceram 20) conquistou o título consagrador tal como aconteceu com a seleção de futebol de campo há 2 anos.

Taça De Portugal

Aconteceu nesse meio de semana um dos dois primeiros jogos de ida da Taça de Portugal, envolvendo Porto x Sporting no Dragão, com vitória apertada dos donos da casa por 1×0 (gol de Soares). O jogo de volta no Estádio Alvalade está agendado para 18 de Abril, mesma data em que fazem a partida de volta Caldas x Aves (jogo de ida agendado para 28 de Fevereiro), na outra semifinal.

Bruno Carvalho Ameaça Renunciar

Se na próxima Assembleia Geral leonina, agendada para o próximo dia 17, os associados leoninos não aprovarem a mudança dos estatutos, e do regulamento disciplinar proposto, o presidente Bruno de Carvalho promete renunciar junto com toda sua diretoria e jamais se recandidatar. Para que ocorram as mudanças propostas serão necessários 75% dos votos a favor. Aliás, em se falando de Bruno de Carvalho, o Tribunal Arbitral do Desporto cancelou a suspensão de 3 meses imposta ao presidente leonino, pelo Conselho de Disciplina da Federação, inocentando-o.

Superliga Portuguesa Temporada 2017/2018

A 21a jornada só terminou nesse início de semana com os seguintes jogos:

Marítimo 0x3 Portimonense e V.Setúbal 3×0 Belenenses (ambos na segunda); e Aves 3×0 Boavista (na terça).

Já a 22a jornada da Superliga teve início nesta sexta a saber:

9/02 (Sexta-Feira)

Paços de Ferreira 0x2 Tondela (20:30h)

10/02 (Sábado)

Rio Ave 3×0 Marítimo (16:00h)

Braga 3×1 V.Setúbal (18:15h)

Portimonense 1×3 Benfica (20:30h)

11/02 (Domingo)

Chaves 0x4 Porto (16:00h)

Belenenses 2×5 Aves (16:00h)

Sporting 2×0 Feirense (18:00h)

Boavista 1×0 V.Guimarães (20:15h)

12/02 (Segunda-Feira)

Moreirense x Estoril (20:00h)

Critérios de desempate:

Ponto 6 do Artigo 9.º (competições por pontos) do Regulamento de Competições da Liga Profissional de Futebol:

«Para estabelecimento da classificação geral dos Clubes que no final das competições se encontrarem com igual número de pontos, serão aplicados, para efeitos de desempate, os seguintes critérios, segundo ordem de prioridade:

  1. a) Número de pontos alcançados pelos Clubes empatados, no jogo ou jogos que entre si realizaram;
  2. b) Maior diferença entre o número de golos marcados e o número de golos sofridos pelos Clubes empatados, nos jogos que realizaram entre si;
  3. c) Maior número de golos marcados no campo do adversário, nos jogos que realizaram entre si;
  4. d) Maior diferença entre o número dos golos marcados e o número de golos sofridos pelos Clubes nos jogos realizados em toda a competição;
  5. e) Maior número de vitórias em toda a competição;
  6. f) Maior número de golos marcados em toda a competição»

A Liga determinou, no entanto, que durante a prova, para estabelecer a classificação,

aplicam-se apenas os critérios d) a f). Assim sendo, o confronto direto só será relevante no final.

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Benfica

O meia Krovinovic, que sofreu rutura do ligamento cruzado do joelho direito na partida frente ao Chaves, foi operado em Madrid e deverá ficar afastado dos gramados por um período médio de 7 meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Send this to a friend