Corrida da Mulher em São Paulo reúne esporte, saúde, inclusão social e shows

Da Redação

Na capital paulista, acontece a Corrida da Mulher SP, megaevento que reúne esporte, saúde, inclusão social, shows e muitos serviços a partir das 7h deste domingo (8), no Parque do Ibirapuera, em celebração ao Dia Internacional da Mulher.

A corrida vai reunir 15 mil inscritas nas provas de 5 km e 10 km na região do Obelisco do Ibirapuera – a maior prova feminina de atletismo do país. O cronograma completo e mais informações estão disponíveis no site www.corridadamulhersp.com.br.

“Esta é a maior corrida já organizada no Brasil e a expectativa é receber no local o dobro de mulheres. A corrida começa às 7h e contará com uma prova específica para mulheres com deficiência. Também teremos quatro carretas do Programa Mulheres de Peito; um espaço saúde com vacinação contra sarampo e febre amarela; uma delegacia da mulher; atendimento do Procon e outras ações de programas sociais do Governo do Estado”, disse Doria.

A Corrida da Mulher SP é organizada pela Secretaria de Esportes em parceria com as Secretarias de Desenvolvimento Social; Cultura e Economia Criativa; Comunicação; Saúde; Turismo; Justiça e Cidadania; Segurança Pública; e dos Direitos da Pessoa com Deficiência, além do Fundo Social de São Paulo, Prodesp (Companhia de Processamento de Dados do Estado), Defensoria Pública, Casa Militar e Sabesp – a empresa de saneamento também é patrocinadora do evento.

A partir das 12h, o evento será palco de diversos shows gratuitos, todos em parceria com a Orquestra Jazz Sinfônica Brasil.

A cantora Fafá de Belém abre a programação cultural, seguida da dupla Anavitória. Na sequência, sobem ao palco as intérpretes Bebé Salvego, Luiza Possi, Leila Pinheiro, Roberta Sá, Elba Ramalho e Paula Lima. O encerramento da programação cultural acontece com um grande show de Claudia Leitte, previsto para as 17h.

As participantes da corrida e o público também terão à disposição quatro carretas do Programa Mulheres de Peito e quatro tendas Espaço Saúde. Serão oferecidos exames gratuitos de mamografia para mulheres com idade entre 50 e 69 anos, sem necessidade de pedido médico para mulheres que apresentarem o cartão SUS. Desde quinta (5), o ginásio do Ibirapuera já conta com duas carretas.

No Espaço Saúde, haverá campanhas contra sarampo e febre amarela – é importante levar caderneta de vacinação. O público também poderá fazer medição de níveis de tabaco no organismo e testes rápidos de sífilis e HIV. No local, profissionais de saúde darão informações sobre o coronavírus, arboviroses – dengue, zika, chikungunya e febre amarela – e saúde da mulher.

A Secretaria de Desenvolvimento Social apresentará serviços de proteção social e informações de prevenção ao uso de álcool e outras drogas. Os programas estaduais Bom Prato, Viva Leite, Recomeço e Espaço Brincar também terão painéis específicos.

O Fundo Social de São Paulo, por meio da Escola de Beleza, Estética e Bem-Estar, oferecerá pintura gratuita de unhas. O programa Solidariedade em Fios, com apoio da Prodesp, vai coletar cabelo para doação. O Fundo também vai arrecadar produtos de higiene e fraldas para as vítimas das chuvas extremas na Baixada Santista.

A Defesa Civil também receberá doações para os desabrigados no litoral sul e ainda vai distribuir kits de higiene feminina – o material foi adquirido com a taxa de inscrição de R$ 30 paga por todas as participantes da corrida.

Além de reforço no efetivo da Polícia Militar para a segurança e organização do evento, a Secretaria de Segurança Pública terá um posto móvel da Delegacia de Defesa da Mulher no Ibirapuera.

No litoral

Mais de 150 mulheres participam do Campeonato Feminino Santista de Canoa Havaiana, que será realizado neste domingo (8), em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, no litoral paulista.

O evento, organizado pela Secretaria de Esportes (Semes), terá percurso de aproximadamente 4 km, com largada às 10h, em frente ao Escolástica Rosa, no Aparecida. As participantes seguirão até a ponte Edgard Perdigão e retornam ao ponto inicial.

As disputas serão individuais, em duplas e por equipes em seis modalidades (OC1, OC2, OC6, V1, Surf Sky e S.U.P), nas categorias sub 20, open, máster (40+) e super máster (50+). Após as competições, as atletas convidarão mulheres que estarão no local a participarem de remada para conhecerem o esporte.

Todas as atletas ganharão medalhas e as três primeiras colocadas em cada categoria e modalidade receberão troféus. Haverá ainda apresentação da banda Cherry Bomb na faixa de areia, também em frente ao Escolástica Rosa. O grupo musical é formado por mulheres e tem repertório composto de canções de intérpretes femininas nacionais e internacionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend