Governo da Madeira vai investir 650 milhões de euros em 2019

Da Redação
Com Lusa

O presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, declarou dia 20 que o seu executivo investirá no próximo ano 650 milhões de euros.

“Independentemente do abrandamento da economia europeia, nós vamos aplicar na Madeira 650 milhões de euros de investimento na globalidade no próximo ano”, declarou Miguel Albuquerque, na cerimônia de entrega de apoios a empresas no âmbito dos sistemas de incentivos disponibilizados pela União Europeia e pela Região.

O governante realçou que os apoios serão reforçados em 2019 dado que, ao abrigo da reprogramação do Programa Operacional da Região Autônoma da Madeira 2014 – 2020, as verbas do FEDER serão intensificadas em mais 12 milhões de euros para o reforço da competitividade das empresas.

“Não vai haver, nem reduções, nem alterações no funcionamento dos apoios”, garantiu.

Segundo uma nota do Governo Regional, os apoios aprovados e concedidos ao abrigo dos sistemas de incentivos são transversais e abrangem todos os concelhos da região. Até à data, no âmbito do Quadro 2014-2020, foram aprovados 2.934 projetos e criados 1.166 novos postos de trabalho.

Na cerimônia de quinta-feira, que decorreu no Salão Nobre do Governo Regional, no Funchal, foram concretizados pagamentos no valor global de 2,39 milhões de euros, sendo 2,03 milhões de euros de comparticipação comunitária e 359 mil euros do orçamento da Região.

A este investimento correspondem 77 projetos, sendo 67 no âmbito do Sistema de Incentivos de Apoio ao Funcionamento (cerca de 1,49 milhões de euros) e 10 no referente ao Sistema de Incentivos de Apoio ao Investimento (cerca de 900 mil euros).

Destes 10 projetos, um é ao abrigo do Empreender 2020, dois no âmbito do Internacionalizar 2020, um do Inovar 2020, cinco referentes ao Valorizar 2020, e um subordinado ao Prociência.

Em 2016 foram pagos 10 milhões de euros, em 2017 26 milhões de euros e em 2018 28,17 milhões de euros.

“Contabilizando todos estes valores, atinge-se a soma de 64,17 milhões de euros, ou seja, uma média de 21,39 milhões de euros por ano, 1,78 milhões de euros por mês”, conclui a nota informativa do Governo Regional sobre a matéria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend