Brisa recebe Prêmio Empresarial 2008 da Fundação Luso-Brasileira

"A Brisa tem vindo a efectuar uma internacionalização bem sucedida", avalia a FLB, que entregará o prémio à Brisa numa gala a 7 de outubro no Casino Estoril.

Da Redação Portugal Digital

A Fundação Luso-Brasileira (FLB) selecionou a Brisa para a atribuição do Prêmio Empresarial de 2008, numa gala que se realizará em 7 de outubro no Casino Estoril e que irá distinguir desempenhos em outras quatro áreas.

"O Prêmio Empresarial de 2008 é pertença da Brisa – Auto-Estradas de Portugal, a maior operadora portuguesa de auto-estradas, com uma concessão principal com onze auto-estradas, e uma referência do sector a nível europeu. A Brisa tem vindo a efectuar uma internacionalização bem sucedida, estando presente em mercados como o Brasil, EUA e República Checa", nota um comunicado da FLB. No Brasil a Brisa detém 17,9% da CCR – Companhia de Concessões Rodoviárias, empresa com a qual mantém parcerias em outros mercados internacionais.

Os objetivos ambientais e sociais da empresa portuguesa são destacados pela FLB. "Na sua atuação, procura o equilíbrio da actividade econômica da empresa com os impactos sociais e ambientais, de que são exemplo a adesão da Brisa ao World Business Council for Sustainable Development e a adesão ao UN Global Compact; e, no plano ambiental, a adopção de uma política específica para a conservação e promoção da biodiversidade e a assinatura do compromisso Brisa pela Biodiversidade", refere a Fundação.

A FLB, entidade parceira do Portugal Digital, irá ainda distinguir Durão Barroso com o Prêmio de Política e Responsabilidade Social. A FLB reconhece ao antigo primeiro-ministro português e atual presidente da Comissão Europeia a participação "nos esforços de aproximação entre UE e Brasil".

Os prêmios da FLB contemplarão também a tenista Michelle de Brito, como revelação, e o Museu Histórico Nacional do Rio de Janeiro e a sua diretora, Vera Tostes, no Prêmio Cultura e Ciência.

A gala de atribuição dos prêmios da Fundação Luso-Brasileira terá lugar no próximo dia 7 de outubro, no Salão Preto e Prata do Casino Estoril. A cala contará com momentos musicais protagonizados por parcerias de músicos portugueses e brasileiros, de que é exemplo a dupla composta por Carlos do Carmo e Ivan Lins.

As receitas da Gala dos Prêmios Fundação Luso-Brasileira revertem a favor do projeto "Mulheres do Futuro", da Fundação Gonçalo da Silveira, empenhado na recuperação do "Lar Feminino de Santa Paula", uma instituição angolana de apoio a mulheres.

Os prêmios da Fundação Luso-Brasileira foram instituidos em 2005 e desde então, foram homenageadas personalidades tão diversas como Vanessa Fernandes, a Fundação Roberto Marinho, o Embaixador Aparecido de Oliveira, o Real Gabinete de Leitura do Rio de Janeiro ou a empresa Sonangol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Send this to a friend