Português Valter Hugo Mãe é homenageado do 8º Festival Literário de Araxá

Da Redação

A 8ª edição do Festival Literário de Araxá (Fliaraxá) chega à cidade mineira no feriado de Corpus Christi, entre 19 e 23 de junho, com o tema Literatura, Leitura e Imaginação.

Em 2019, dando sequência à vocação lusófona do festival, o grande homenageado é Valter Hugo Mãe, um dos mais destacados autores portugueses da atualidade, que lança três livros novos e participa de mesas e bate-papos durante toda a programação do evento, em Araxá (MG). Outra novidade é a parte visual do evento, toda composta por ilustrações de Valter, artista plástico, feitas com exclusividade.

A Fliaraxá tem o objetivo de atrair o universal ao âmbito regional e produzir sinergias onde a cultura preserva o patrimônio e este valoriza a cultura. O cenário é o Tauá Grande Hotel Termas de Araxá, onde mais de cem autores e autoras vão se reunir para celebrar o interesse pelos livros e pela leitura, entre eles o convidado especial do Fliaraxá, o autor angolano José Eduardo Agualusa, uma das mais importantes vozes da literatura africana de expressão portuguesa.

Serão debates, palestras, conversas, sessões de autógrafos, encontros e leituras, embalados pela programação musical da área de Gastronomia, instalada do lado de fora do Hotel. Toda a programação do Fliaraxá tem entrada gratuita, graças à Lei Federal de Incentivo à Cultura, por intermédio do patrocínio da CBMM, apoio cultural do Itaú e parceria do Sesc SP. A programação completa está disponível no site oficial do evento: www.fliaraxa.com.br.

Protagonismo turístico e cultural

O Patrono desta edição é Machado de Assis, que no dia 21 de junho completaria 180 anos. Ele foi o primeiro presidente da Academia Brasileira de Letras e um de seus fundadores. Uma homenagem será realizada com a presença do atual presidente da entidade, o escritor Marco Lucchesi, acompanhado de outros acadêmicos.

A Patrona Local será a escritora Maria Santos Teixeira (in memorian) e a homenagem constará também com a presença de dois convidados especiais: Conceição Evaristo e Zuenir Ventura.

A curadoria é composta pelo criador do Festival, o gestor cultural Afonso Borges, pela historiadora e professora Heloisa Starling, pelo cientista político Sergio Abranches, pela filósofa Marcia Tiburi e pelo educador Leo Cunha. Os curadores locais são os escritores Luiz Humberto França, Rafael Nolli e Rodrigo Feres.

“Araxá retomou seu protagonismo turístico e cultural nos sete anos de realização do Fliaraxá, que promoveu uma verdadeira revolução na cena cultural local. Uma ação permanente, que perpassa os dias do festival, fez aumentar o número de leitores, fortaleceu a cadeia produtiva, e estimulou o surgimento de novos autores, seja via Concurso de Redação ou simplesmente pelo contato direto com os grandes nomes da literatura nacional e internacional que todo ano desembarcam na cidade”, explica Afonso Borges.

O Festival reuniu, no ano passado, quase 30 mil pessoas, em quatro dias de evento, com a presença de 120 autores. Turistas e moradores atraídos não só pela literatura, mas pelo Fliaraxá Gastronomia montado em grandes estruturas na área externa com Hotel, com uma programação musical diversificada.

O objetivo do Fliaraxá é o estimulo à leitura, principalmente entre as crianças e os jovens. É visível o crescimento do interesse pelo livro nesta faixa etária, retorno dado pelos professores, escolas e educadores de Araxá. Em 2018, aconteceram diversas atividades em colégios uma semana antes do início do evento. A receptividade foi tão positiva que este ano o Pré-Fliaraxá vai promover um “esquenta” nas escolas públicas e particulares da cidade, entre os dias 10 e 18 de junho, em uma forma ativa de envolver a população e democratizar o acesso à cultura.

A área de Gastronomia vai ter, este ano, foco na culinária mineira e da região, em uma comunhão com a literatura. Um projeto vai alinhar a comida dos grandes clássicos com jantares/palestras. Estão na pauta também os queijos, doces e demais componentes da chamada economia criativa. Além disso, uma extensa e proveitosa programação de teatro e música.

Destaca-se também o projeto Sempre Um Papo, onde os escritores conversam descontraidamente com o público, em salas menores, durante uma hora por dia, fora da programação oficial; o Fliaraxá Mirim vai construir atividades dedicadas às crianças na grama e arredores do Grande Hotel; o evento pretende também incentivar as agências a promover visitas guiadas às fazendas produtoras de queijo e cachaça na região e na Serra da Canastra, impulsionando a economia criativa da região.

O Fliaraxá foi criado em 2012 e sua 1a. edição teve como tema Juventude, Literatura e Experiência, com a presença de 25 autores, reunindo 6 mil pessoas. Em 2018, mais de 27 mil pessoas, em plena Copa do Mundo, prestigiaram a 7a edição, com o tema Alma, Leitura e Revolução que contou com a presença de 120 autores.

Mais de 130 mil livros foram comercializados na livraria do Fliaraxá, em todas as edições. Famosa e acolhedora estância hidrotermal e climática mineira, Araxá, com seus 104 mil habitantes, é um atrativo turístico do Circuito das Cidades das Águas Minerais do Estado.

Serviço
VIII Fliaraxá – Festival Literário de Araxá

Entrada: franca
Data: 19 a 23 de junho de 2019
Local: Tauá Grande Hotel Termas de Araxá
Endereço: Rua Águas do Araxá, s/n – Barreiro, Araxá – MG
Informações: www.fliaraxa.com.br – [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend