Imigrantes em Matosinhos vão ter aulas gratuitas de português e hotelaria

Da Redação
Com Lusa

A partir de setembro, os imigrantes a viver em Matosinhos, no Porto, vão ter formação gratuita em língua portuguesa e hotelaria, anunciou a câmara local.

Além disso, terão ainda formação para adquirir competências ao nível da empregabilidade e de como é viver em Portugal.

Esta medida, que se insere no Plano Municipal para a Integração de Migrantes, destina-se a pessoas nacionais de países terceiros, com idade igual ou superior a 18 anos, residentes no concelho de Matosinhos e portadoras de documento comprovativo de situação regular ou em processo de regularização, adianta.

As ações de hotelaria terão um total de 100 horas, o português para pessoas estrangeiras 50 horas, as competências de empregabilidade 10 horas e viver em Portugal seis horas, explica a autarquia, entidade que promove as formações.

Os interessados deverão inscrever-se em [email protected], acrescenta.

Dados de 2018 revelam a existência no concelho de 3.743 pessoas nascidas em países estrangeiros – população estrangeira com estatuto legal de residente -, das quais se destacam as provenientes do Brasil (1.743), China (267) e Ucrânia (143).

O Plano Municipal para a Integração de Migrantes visa dotar Matosinhos de condições que garantam o acompanhamento próximo e humano de pessoas migrantes, bem como a sua correta integração social.

O documento define áreas prioritárias de intervenção, nomeadamente a criação de um clima social favorável à integração da população migrante nas áreas do empreendedorismo, educação, saúde, solidariedade, respostas sociais e cidadania.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend