Grupo teatral de São Vicente se apresenta em Portugal

Por Ronaldo Andrade De Santos para Mundo Lusíada

Ronaldo Andrade/Divulgação

Criada em 2001, a Trupe Cênica Vila de São Vicente participou de uma mostra internacional pela primeira vez. Cinco integrantes do grupo estiveram em Portugal para participar do IX Festival Internacional de Teatro da Infância e da Juventude (FITIJ), realizado em Santarém entre os dias 17 e 26 de outubro.

Única representante brasileira, a companhia teatral vicentina – que é dirigida por Roberto Paulino Jr – foi composta pelos atores Diego Spósito, Rodrigo Caesar, Mônica Coholos e Rodrigo Pompeu. O grupo encenou o espetáculo infantil “O Alimento dos Deuses”, contando como o cacau e o chocolate foram introduzidos no Brasil no período colonial. A peça foi encenada duas vezes, com distribuição de chocolates para a platéia no final das apresentações. A outra montagem, voltada para o público adulto, foi “Brasil Colonial”, que retrata o cotidiano dos primeiros moradores de São Vicente, no século XVI.

Em entrevista ao jornal Mundo Lusíada, Pompeu, que além de ator é monitor cultural da Trupe, falou sobre a participação em terras lusas: “A experiência foi proveitosa. Nosso teatro é feito de uma forma mais leve, que os portugueses admiram”. Ele também disse que a receptividade encontrada por parte do povo lusitano foi ótima: “Estivemos em mais de dez cidades, entre elas Lisboa, Nazaré, Fátima e Albufeira. Fomos muito bem recebidos”, afirma.

O convite para participar do festival foi feito por meio de um Protocolo de Amizade existente entre as duas cidades. No total, oito grupos participaram do evento, entre eles representantes da Dinamarca, Inglaterra e Áustria, além de grupos locais. Apresentações de dança, música e máscaras também fizeram parte da programação.

Para o secretário de Turismo e Cultura de São Vicente, Paulo Rodrigues, a participação foi positiva: "É uma honra termos representantes de nossa cidade em um evento desta dimensão em Portugal. Investimos em cultura, e a trupe é o retrato da nossa história. A experiência internacional carimba toda a dedicação dos atores que levam a arte para os visitantes de nosso Parque Cultural." A Trupe aguarda receber textos de autoria do escritor português Bernardo Santareno, além de peças infantis dinamarquesas, para fazer adaptações e encenar para o público vicentino.

O grupo contou com o apoio da prefeitura de São Vicente: “Gostaria de agradecer ao prefeito Tércio Garcia pela ajuda oferecida. Tivemos uma proposta para voltar daqui a dois anos, e também fizemos convites às companhias teatrais portuguesas”, declarou Pompeu.

Todos os integrantes do grupo trabalham agora na preparação da Encenação da Vila de São Vicente, que retrata a história da criação da cidade, fundada pelo português Martim Afonso de Souza. O evento, que acontece no mês de janeiro, já se tornou tradicional na Baixada Santista e no país, atraindo milhares de expectadores e contando com a participação de atores famosos e também da comunidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Send this to a friend