Sonangol e KBR assinam acordo para construção de refinaria em Angola

De Portugal Digital

A estatal angolana de petróleos Sonangol (Sociedade Nacional de Combustíveis) e a empresa norte-americana Kellogg Brown & Root (KBR) assinaram, dia 5 em Luanda, um contrato para a execução do projeto da refinaria do Lobito – Projeto Sonaref.

A construção da Sonaref pode durar quatro anos e produzirá, quando entrar em operação, 200 mil barris/dia de petróleo bruto. O acordo dá direito à KBR licenciar as empresas que vão construir a refinaria do Lobito, orçada em cerca de US$ 6,4 bilhões de dólares.

A refinaria será construída a oito quilômetros da cidade do Lobito, no litoral sul de Angola.

Capacitação em investimentos internacionais Técnicos de vários organismos dos países africanos de língua oficial portuguesa estão a ser capacitados, em Luanda, na elaboração de acordos internacionais de investimento, no âmbito do projeto Train for Trade, promovido pela Conferência das Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento, em parceria com a Comissão Européia.

O curso terá a duração de quatro anos e visa dar a conhecer as estratégias de promoção do investimento externo, no quadro da internacionalização das empresas e da economia angolana. A Comissão Européia destinou três milhões de euros para a concretização do programa.

Por outro lado, um grupo angolano vai investir, pelo menos US$ 14 milhões de dólares, na construção de um hotel de três estrelas na cidade do Lubango, província da Huíla, região sul de Angola.

O empreendimento, localizado no centro da cidade do Lubango, está a ser erguido, desde 2007, numa área de 3.224 metros quadrados e as obras estão a cargo da empreiteira angolana "Construsul", devendo estar concluído em junho de 2009.

O responsável, grupo "Admar Damião", garante que pelo menos 200 novos postos de trabalho serão criados com a entrada em funcionamento desta nova unidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Send this to a friend