Durão Barroso garante mais ajuda européia à Guiné-Bissau

O presidente da Comissão Européia, o português José Manuel Durão Barroso garantiu ao chefe de Estado da Guiné-Bissau, João Bernardo “Nino” Vieira, que o país receberá entre 2008 e 2013 pelo menos 81 milhões de euros (R$ 224 milhões) do Fundo Europeu de Desenvolvimento.

Na reunião que aconteceu em Bruxelas em 18 de maio, também foi definido que a Comissão Européia vai ajudar o país a encontrar doadores na comunidade internacional, principalmente entre os países que ajudaram Bissau no passado, mas que se afastaram devido à instabilidade política.

O presidente guineense lembrou que uma das exigências da comunidade internacional para retomar a ajuda foi que o país “entrasse de novo na legalidade” e que isso está sendo feito. “As reformas têm seus custos e o país não tem meios financeiros, por isso estamos pedindo o apoio da comunidade internacional”, disse.

Após vários anos sem doações, a Guiné-Bissau começou a receber este ano verbas européias, depois das eleições legislativas de 2004 e presidenciais de 2005. Porém, uma crise política começou quando Nino Vieira demitiu o governo formado pelo PAIGC (Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde) – vencedor das eleições de 2004 – e nomeou Aristides Gomes, um dissidente do partido, como primeiro-ministro. Agência Lusa.

 

Programa de comunicação para Angola assinado em Brasília

Duas empresas brasileiras assinaram acordo de cooperação com Angola, sobre o desenvolvimento de um programa de comunicação institucional integrada. As empresas CCA Consultores e ATF Comunicação assinaram o contrato em 15 de maio, com a Embaixada de Angola. Para tanto, estiveram presentes em Brasília os jornalistas Alfredo Prado, da CCA, e Teresa Cristina Machado, da ATF, juntamente com o embaixador Alberto Correia Neto.

A parceria estabelecida entre a CCA-Consultores de Comunicação Associados e a ATF Comunicação Empresarial, no início do ano, uniu recursos técnicos e experiências, para a construção das relações corporativas, através da comunicação empresarial. A ação faz parte da relação Brasil-Angola no âmbito econômico, social e político, além de cultural, comercial e empresarial.

 

Praia deserta de Moçambique está entre as 20 melhores no mundo

A praia do Guludo, no arquipélago das Quirimbas, norte de Moçambique, foi escolhida como uma das 20 melhores praias desertas do mundo pelo jornal britânico The Observer.

“Elefantes apanham mangas de árvores e morsas rebolam-se em charcos comendo ervas marinhas nesta praia branca e virgem do Parque Nacional das Quirimbas, no norte de Moçambique”, escreve o jornal, que apenas inclui três destinos africanos entre as 20 melhores praias desertas do mundo. Rocktail Bay, na África do Sul, e Bosluisbail, na Namíbia completam a lista das melhores praias na África.

O jornal recordou ainda que o Parque Nacional das Quirimbas, na província de Cabo Delgado, foi criado em 2002 e integra uma vasta área no continente e 11 ilhas. Entre elas, a mais conhecida é a ilha histórica do Ibo, que foi importante local de venda de escravos e cruzamento de diversas culturas resultante da passagem de navegadores árabes, chineses e portugueses.

 

Macaenses agora em Lisboa e Vancouver

A partir de agora, empresários macaenses estarão presentes também nos mercados de Lisboa e Vancouver. Através da Associação Comercial Internacional para Mercados Lusófonos (ACIML), Macau está se estendendo para a América do Norte, com a inauguração de duas novas sedes da associação, em Portugal e no Canadá.

O projeto da associação de empresários macaenses em Lisboa encontra-se em fase adiantada, com seus promotores empenhados na elaboração dos estatutos da futura associação, e na definição do quadro final dos sócios fundadores.

Para o presidente do Conselho das Comunidades Macaenses, José Manuel Rodrigues, a diáspora macaense vive uma fase de “nova dinâmica”. A associação já abrange os mercados de São Paulo, e da Califórnia. Em São Paulo, a Delegação brasileira da ACIML foi inaugura em 19 de junho, no ano passado.

 

Eleições em São Tomé acontecem em 30 de julho

No domingo 30 de julho, acontecem as eleições presidenciais de São Tomé, seguida das eleições regionais e autárquicas da ilha de Príncipe, marcadas para 9 de julho, divulgou em comunicado o presidente são-tomense, Fradique de Menezes.

No último 26 de março e 2 de abril, foram realizadas no arquipélago as eleições legislativas, que deram vitória ao PCD (Movimento Democrático Força de Mudança/Partido de Convergência Democrática). As últimas eleições do arquipélago foram realizadas em 29 de julho de 2001, resultando na vitória de Fradique de Menezes, com 56% dos votos. Em 1992 aconteceram as autárquicas e a regional em 1998, que deu vitória ao partido do Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe/Partido Social Democrata (MLSTP/PSD). PNN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend