Sessão Solene homenageia personalidades lusas do ABC

Dentre outras 30 personalidades, o editor do Mundo Lusíada, Odair Ricardo de Sene, também recebeu homenagem alusiva às comemorações do bicentenário.

Por Vanessa SeneDo Jornal Mundo Lusíada

Mundo Lusíada

>> Admir Ferro e Ramos de Oliveira entregaram as homenagens, entre outros, ao Cônsul de Portugal, Queiros de Ataíde (esquerda), e ao editor do Mundo Lusíada, Odair Sene (direita).

Foi em 04 de setembro que a Câmara Municipal de São Bernardo do Campo recebeu e homenageou diversas figuras da comunidade luso-brasileira da região, através da indicação da Casa de Portugal do ABC e Elos Clube do ABC. A sessão solene em comemoração ao Bicentenário da vinda da corte portuguesa ao Brasil, uma propositura do vereador Admir Ferro, contou com bom público.

Foi entregue a honraria Medalha João Ramalho à personalidades de destaque como André da Silva Magalhães, Antonio Rodrigues Serralheiro (em memória), Francisco José Varela Leal, José Bidarra, José Rodrigues (em memória) e sua filha Márcia Maria Rodrigues, presidente do Elos ABC; além de uma homenagem ao Cônsul Geral de Portugal em São Paulo, José Guilherme Queirós de Ataíde, com a entrega de uma placa em aço escovado. Dentre outras 30 personalidades, o editor do Mundo Lusíada, Odair Ricardo de Sene, também recebeu homenagem alusiva às comemorações do bicentenário.

De acordo com o vereador e presidente da sessão Admir Ferro, “um povo sem história é um povo sem alma”, citando os portugueses e sua colaboração para a independência e desenvolvimento do Brasil. Descrevendo como uma “noite ímpar”, em seu discurso Ramos de Oliveira, presidente da Comissão do Bicentenário, lembrou que Portugal ainda continua sendo um dos maiores investidores no país.

O cônsul Ataíde, em seu pronunciamento em que disse ter sido muito bem recebido na cidade, também recordou o atual momento que vive a política bilateral de ambos os países, citando a Parceria Estratégica entre Brasil e a União Européia, como primeiro ato da presidência lusa no bloco. Representando o prefeito da cidade, o secretário das Relações Internacionais de São Bernardo, Carlos Brazil, elogiou a qualidade artística do evento. Brazil, que é descendente de português, deu ênfase à “pauta cheia” nas relações culturais e econômicas entre Portugal e São Bernardo.

O evento, que apresentou um vídeo sobre a história da chegada e o retorno da corte portuguesa, reuniu ainda as crianças do Coral das Emebs, e trouxe também a cantora Gloria de Lourdes, que apresentou o fado português ao lado dos guitarristas Otávio Miranda, José Carlos e Mário Rui.

Relações BilateraisA seqüência de eventos em homenagem aos portugueses da região, que foi encerrada no último dia 06, aconteceu pela primeira vez na cidade, segundo o prefeito William Dib. “No meu governo com certeza sim. E não tenho lembrança de outro evento deste nível de festejo, tão importante, em homenagem à colonização portuguesa” disse o prefeito, em seu gabinete antes da sessão solene, durante um encontro com o cônsul de Portugal.

Ao Mundo Lusíada, o cônsul Guilherme Queiros de Ataíde elogiou o trabalho da Prefeitura e a comunidade lusa na cidade. “A comunidade portuguesa em São Bernardo do Campo é muito importante desde há 500 anos, desde a fundação, e continua sendo hoje em dia. Para mim foi um grande prazer estar na sessão solene, tive também na ocasião uma audiência com o prefeito, fiz uma curta visita pela cidade, e acho que é bom ver que uma cidade importante como São Bernardo continua ter uma marca portuguesa tão forte”.

6 Anos DepoisEnquanto vereador na Câmara, Ramos de Oliveira, atual subprefeito do Riacho Grande e presidente da Comissão do Bicentenário, havia instituído a sessão anual em homenagem aos portugueses no 10 de Junho – Dia de Portugal, Camões e das Comunidades Portuguesas. Mas ao sair da Câmara, a sessão acabou sendo esquecida. E somente cerca de 6 anos depois, a Câmara de São Bernardo voltou a promover uma homenagem aos lusos da região. “Ramos foi vereador conosco e foi, na verdade, o autor que instituiu no Calendário Oficial Municipal a sessão solene em homenagem à colônia portuguesa. Essa sessão acabou não ocorrendo mais na Câmara Municipal, mas como estamos comemorando este ano os 200 anos da vinda da corte portuguesa ao Brasil, nós não poderíamos deixar passar em branco” adiantou o vereador Admir Ferro ao Mundo Lusíada .

O vereador apresentou o projeto de resolução, que foi aprovado pela maioria, para a criação da comissão. “E mais do que isso, conseguimos com que o Prefeito baixasse uma portaria e que instituísse também os festejos no âmbito do Executivo, onde tivemos a forte participação da Secretaria de Cultura e que colocou também no calendário das festividades uma série de eventos comemorando a vinda da corte” defendeu. “Eu entendia que, tanto o Executivo como o Legislativo também deveria lembrar essa data, com a sessão solene, que é a forma de homenagearmos as comunidades e as datas históricas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend