Grupo Rosmaninho de Santos recebe idosos de asilos, oferece bacalhau e folclore português

Por Odair Sene

Em 14 de abril, o Centro Cultural Português de Santos recebeu mais uma edição do almoço beneficente do Grupo Rosmaninho. O evento anual é em prol de entidades carentes da região, e comandado pela atual presidente do Grupo, Celeste Mendes.
Ao Mundo Lusíada ela explicou um pouco do trabalho realizado: “É um evento anual que o Rosmaninho faz, trabalhamos o ano inteiro com os bingos e promoções para podermos dar esse almoço. Fica caro porque é com bacalhau, pernil, bolos, para poder proporcionar esse almoço para os idosos que vem de vários asilos da baixada” diz Celeste Mendes.

Este ano, o evento recepcionou 180 idosos de diversos lares, ao todo foram oito asilos de Santos, São Vicente e Guarujá, e foram vendidos cerca de 100 convites para ajudar a causa.

“Sair do local deles, dos asilos, e proporcionar a eles um local diferente, uma atenção e um carinho a mais, um almoço especial, eles dançam com o rancho folclórico” detalha ela destacando que é sempre muito bom vê-los felizes neste ambiente “festivo” que o Rosmaninho proporciona.

Para a presidente Celeste Mendes, é o trabalho que vale a pena por todo esforço do ano e que ao final compensa muito. “É maravilhoso para quem está numa casa sem sair, e poder ter um dia diferente. Para nós do Grupo Rosmaninho, é o trabalho mais bonito que nós fazemos”, declarou ela animada com a casa cheia e bem decorada. “Estamos aqui desde 8 da manhã, vamos trabalhar até a noite, mas não cansa porque é feito com muito amor e dedicação. O nosso trabalho muita gente não conhece mas é muito bonito”, disse.

A comunidade portuguesa sempre apoia este que é um almoço de páscoa, também com doações para a festa. “Praticamente é o nosso trabalho mesmo, fazemos dois bingos por ano, uma noite de pizza, e é com esse dinheiro que vamos arrecadando e conseguimos fazer esse almoço. Vendemos poucos convites, normalmente esse almoço dá uns R$ 5 mil de prejuízo, mas tivemos doações de três pessoas de R$ 2 mil. Eu dou pernis e os bolos que são servidos”, detalhou a presidente do Grupo que trabalha com cerca de 30 integrantes no Rosmaninho.

Além deste, outro evento que comove a comunidade luso-santista é o jantar em favor da Escola Portuguesa de Santos, outra iniciativa que favorece a comunidade local. “Esse é um evento particularmente meu, que faço há mais de 10 anos, para a Escola Portuguesa. Esse trabalho meu é em prol das criança, o Grupo Rosmaninho trabalha com idosos. São duas coisas opostas e as mais importantes na cidade”. O próximo Jantar em prol da Escola Portuguesa será em 15 de junho e os detalhes podem ser conferidos na nossa agenda online.

O evento teve o salão de festa do Centro Cultural Português totalmente tomado, e a organização ofereceu um farto almoço que incluiu pernil e depois bacalhau, e ainda a alegria do folclore português com apresentação do Rancho Folclórico Verde Gaio do Centro Cultural Português de Santos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend