Casa de Portugal de São Paulo faz festa folclórica em prol do Lar da Provedoria

Por Odair Sene

A Casa de Portugal de São Paulo realizou no dia 2 de setembro uma festa folclórica com apresentação do diretor Vasco Monteiro, com a culinária aos cuidados do O Marquês Buffet, além de dois grupos como atração: o Grupo da Casa e como convidado o Rancho Folclórico Aldeias da Nossa Terra, do Arouca SP Clube. O valor da entrada foi um quilo de alimento para a Provedoria Portuguesa, ou R$ 15,00 para quem preferisse pagar a entrada com dinheiro.
Neste evento, que foi o primeiro depois da morte do Sr. Americo Carvalhais, um dos componentes mais antigos e queridos por todos, o Grupo prestou homenagem com um minuto de silêncio e todos os componentes usaram uma fita preta no peito. “O Américo esteve conosco por mais de 40 anos aqui, junto da gente, e isso foi uma perda realmente muito difícil”, disse ao Mundo Lusíada o diretor Ernesto Lemos.
Ao Mundo Lusíada o diretor Ernesto Lemos falou valorizando o evento folclórico que sempre traz muita gente à casa. “A casa está cheia, o folclore traz sempre muita gente e ainda tem o fato de ser em prol da Provedoria, e as pessoas gostam de assistir nossas apresentações, então temos sempre festas muito cheias. Teremos ainda este ano nosso ‘Magusto’, a festa das castanhas que vem diretamente de Portugal”, disse o diretor que comandou o grupo depois da apresentação do convidado, Aldeias da Nossa Terra, do Arouca SP Clube.
O Presidente da Casa, Antonio dos Ramos esteve presente prestigiando o evento folclórico. Ao Mundo Lusíada ele disse que, para ajudar a Provedoria, sempre vale a pena, e que os alimentos entregues na entrada superaram as expectativas, além do dinheiro do ingresso, para quem não trouxe alimento. A casa, conforme o presidente, cedeu o espaço, como faz em outros eventos no ano, buscando assim beneficiar o lar que cuida dos idosos carentes.
Ramos ainda disse que teve eventos populares que saíram da agenda anual, mas acabaram voltando. “Folclore todo mundo faz, a Casa de Portugal tem que fazer uma programação diferente para dar nova cara à casa”, disse referindo que este ano a agenda ficou bem menor porque o patrocínio “murchou um bocado”, além disso, o comandante da diretoria disse que estão em obras no quarto andar. “Então estamos gastando um bocado e os patrocínios caíram muito, além das locações que também reduziram muito, mas daqui até o fim do ano teremos vários shows e o ano que vem deve ser muito melhor”, disse.
Ainda o vice presidente da entidade, Paulo Machado, disse ao Mundo Lusíada que a casa utilizou pela primeira vez um sistema diferenciado no qual não se utilizou venda física de convites. “Nossa ideia é de renovar o público que visita a Casa de Portugal. Nós fizemos este evento, e a divulgação, exclusivamente através do Facebook. Para se ter uma ideia, o evento publicado na rede social teve 380 compartilhamentos, segundo o próprio Facebook, é uma média de 1.8 convidado para cada compartilhamento, e pelo que nós vimos, das 525 pessoas que estão no evento, mais da metade nunca vieram à Casa de Portugal. Então há este interesse em rejuvenescer este público da casa”, falou Paulo Machado.
A Casa também confirmou o primeiro evento para o aniversário de 82 anos que será no final de setembro, dia 27, com homenagem para a TV Globo, por conta da nova novela “Tempo de Amar”, também haverá o show da Larissa Lima, cantando músicas portuguesas e brasileiras. No evento teremos a presença do Jurista Ives Gandra Martins, numa programação cultural bastante intensa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend