Representantes de Portugal buscam investidores em reunião no Paraná

Da Redação

O embaixador Jorge Cabral e o secretário de Estado de Internacionalização do Ministério de Negócios Estrangeiros de Portugal, Eurico Brilhante Dias, estiveram na Associação Comercial do Paraná, no último dia 09.

Os representantes do governo português fizeram uma palestra a empresários e convidados da Associação Comercial , durante reunião do Conselho de Comércio Exterior e Relações Internacionais, coordenada por Eduardo Pereira Guimarães.

O presidente da casa, Gláucio Geara, recepcionou os representantes do governo português, que assinaram o livro de autoridades da ACP.

A palestra “Investir em Portugal: escolha certa, momento certo” contou com a presença de Antônio Silva, da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (Aicep), o representante da Aicep em São Paulo, Fernando Carvalho e o presidente da Câmara de Comércio Brasil-Portugal, Antônio Francisco Athayde.

O embaixador Jorge Cabral destacou que Brasil e Portugal estão se redescobrindo, e que hoje existem 14 mil estudantes brasileiros em solo português e anualmente cerca de um milhão de turistas do Brasil visitam Portugal.

O secretário Brilhante Dias destacou que Portugal tem trabalhado para abrir sua economia para atrair investimento internacional e que hoje 90% do PIB do país vem de exportações e importações.

“O investimento estrangeiro é bem-vindo. Os brasileiros são bem-vindos. Queremos receber o capital internacional”, disse o representante do governo português. O secretário de Internacionalização falou que Portugal está com suas contas públicas equilibradas e que hoje o país tem o maior superávit primário da Comunidade Europeia.

Eurico Brilhante Dias disse que há incentivos fiscais para empresários de qualquer porte, micro, pequeno ou grande. Entre os destaques de bons investimentos em Portugal, citou seis pontos: agricultura, especialmente no sul do país, onde foi criado o maior lago artificial da Europa, usado para irrigação; logística, nas áreas marítima, ferroviária e rodoviária; minério, Portugal tem a sexta maior reserva mundial de lítio; indústria automobilística e aeronáutica; energias renováveis, hoje Portugal usa 40% de sua energia de fontes renováveis e quer ampliar para 45% em curto espaço de tempo; e turismo, o país recebe atualmente 21 milhões de turistas por ano, o dobro da população local, que é de cerca de 11 milhões de habitantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend