Abertas candidaturas a apoios financeiros para associações portuguesas no estrangeiro

Da Redação
Com Lusa

As associações portuguesas no estrangeiro podem candidatar-se a partir desta quarta-feira a apoios financeiros de Portugal para o próximo ano, anunciou em comunicado o gabinete da secretária de Estado das Comunidades Portuguesas.

Os apoios financeiros ao associativismo na diáspora são concedidos pela Direção-Geral dos Assuntos Consulares e das Comunidades Portuguesas (DGACCP), estrutura do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE).

As candidaturas decorrem até 31 de dezembro e devem ser apresentadas nos postos ou secções consulares das embaixadas portuguesas, segundo o mesmo comunicado.

Podem candidatar-se a estes apoios associações e federações das comunidades portuguesas, legalmente constituídas há mais de um ano, sem fins lucrativos ou partidários, e outras pessoas coletivas nacionais ou estrangeiras constituídas há mais de um ano, sem fins lucrativos ou partidários, “que proponham a realização de atividades que resultem em benefício das comunidades portuguesas”.

As áreas prioritárias a apoiar são a promoção da língua e da cultura portuguesas, juventude, inclusão social, capacitação e valorização profissional, participação cívica e política, combate à xenofobia e diálogo com micro e pequenas empresas de emigrantes que queiram investir em Portugal, adianta o texto.

Em 2019, foram financiados pelo Estado português 92 projetos ao abrigo dos apoios financeiros para o associativismo da diáspora, num montante total de 585.938 euros.

O Consulado de Portugal em São Paulo divulga uma página com mais informações e links sobre o assunto AQUI >>

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend