Chuva intensa causa enchentes e paralisa o trânsito em São Paulo

Da Redação
Com EBC

A intensa chuva que atingiu a cidade de São Paulo na madrugada desta segunda-feira causou alagamentos em vias importantes como as marginais Tietê e Pinheiros. O Corpo de Bombeiros registrou 16 desabamentos, 192 enchentes e 113 quedas de árvores. Os bombeiros recomendam que os paulistanos fiquem em casa nesta manhã.

Houve transbordamento do Rio Tietê na Ponte do Piqueri no sentido Castelo Branco e Ayrton Sena. Os córrego Perus, na altura da Praça Inácio Dias, Ipiranga na Avenida Professor Abraão de Morais, Pirajuçara, próximo ao Hipermercado Extra, Morro do S, na rua Joaquim Nunes Teixeira, e Zavuvus, na Praça Tuney Arantes, também transbordaram.

Trânsito
O rodízio municipal de veículos está suspenso para carros e caminhões, o dia todo. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) colocou todo o efetivo em campo para auxiliar motoristas e organizar o trânsito.

As linhas 8 Diamante e 9 Esmeralda, da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), operam parcialmente devido ao alagamento nos trilhos.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) informou que uma frente fria se aproxima do sul de São Paulo e desloca-se para a Região Leste, onde chove forte, com queda acentuada na temperatura.

De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas da Prefeitura de São Paulo (Cgesp), a tendência para hoje é de que o tempo permaneça fechado e chuvoso. A previsão indica que as precipitações devem se intensificar até as primeiras horas da tarde.
O órgão alerta ainda para a alta probabilidade de ocorrerem alagamentos e deslizamentos de terra em áreas de risco.

Em sua página, o Cgesp lista recomendações de segurança que devem ser adotadas pela população.
– Evite transitar em ruas alagadas

– Se a chuva causou inundações, não se aventure a enfrentar correntezas.

– Fique em lugar seguro. Se precisar, peça ajuda;

– Mantenha-se longe da rede elétrica e não pare debaixo de árvores. Abrigue-se em casas e prédios;

– Planeje suas viagens, para que haja menor possibilidade de enfrentar engarrafamentos causados por ruas bloqueadas;

– Em caso de dúvida sobre vias bloqueadas, ligue para a central de atendimento da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) através do número 156 ou entre no site da CET para saber como está o trânsito nas principais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend