Nível de satisfação dos turistas que visitam centros históricos é elevado

Da Redação
Com Lusa

O nível de satisfação dos turistas que visitam centros históricos portugueses é elevado e a grande maioria recomenda o destino, concluiu uma tese de doutoramento realizada na Universidade de Coimbra.

Questionados sobre se Portugal é um dos melhores destinos que já visitaram e tendo que atribuir uma pontuação de 01 a 07, a média da resposta do inquérito foi de 05,53, sendo de 06,17 quando questionados sobre se a visita a Portugal foi uma boa experiência, revela uma tese de doutoramento da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC) centrada na satisfação dos turistas que visitam os centros históricos.

O trabalho de Ana Sofia Duque teve como base um inquérito a 384 turistas nos centros históricos de Coimbra, Lisboa, Porto, Évora e Faro.

“As respostas obtidas foram no sentido de os turistas terem um grande nível de satisfação, o que coincide com alguns estudos feitos pela Turismo de Portugal”, sublinha a acadêmica.

Também nas perguntas relativas à qualidade da experiência, a média das respostas é sempre superior a 05,5, sendo que a maioria dos inquiridos refere que vai recomendar o país a outros e que pretende voltar a visitar Portugal.

Dos turistas que participaram no inquérito, quase 50% estava a percorrer várias cidades do país, cerca de 30% visitou localidades próximas e apenas 20% visitou apenas um local.

Como fatores que influenciaram a escolha do destino, os turistas apontam para o clima e paisagem, para as atrações do país, por ter sido sugerido por conhecidos e pela hospitalidade e acolhimento.

A tese de doutoramento refere ainda que cerca de 40% dos inquiridos já tinha visitado Portugal.

“O fato de muitos dos inquiridos já terem estado em Portugal é um sinal de que o processo de fidelização está a ser feito corretamente. Por outro lado, há também um alto nível de recomendação”, sublinha Ana Sofia Duque.

A autora da tese notou que grupo de turistas que está “menos satisfeito” com a visita viaja de Espanha e considerou que se deveria “desenvolver estratégias para cativar este grupo, porque é um importante segmento de mercado”.

Outra das conclusões da tese chama a atenção para o aumento de visitantes de mercados não europeus, salientando que estes turistas “revelam níveis muito altos de satisfação para com a experiência turística e uma forte lealdade ao destino”.

Esta tese foi aprovada com distinção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend