Portugal felicita Pedro Sánchez pela vitória dos socialistas nas legislativas espanholas

Da Redação
Com Lusa

O primeiro-ministro de Portugal, António Costa, felicitou o seu homólogo espanhol, Pedro Sánchez, pela vitória dos socialistas do PSOE nas eleições gerais de Espanha.

Fonte do executivo adiantou que António Costa transmitiu a mensagem de felicitações ao primeiro-ministro de Espanha e líder do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE), Pedro Sánchez, numa breve conversa telefônica.

Com cerca de 95% dos votos escrutinados, o PSOE liderava a contagem com cerca de 28% dos votos, correspondentes a 120 deputados eleitos, estando em segundo lugar os conservadores do Partido Popular (PP) com 88 lugares e em terceiro o partido de extrema-direita Vox com 52 lugares.

A coligação de extrema-esquerda Unidas Podemos elegeu até agora 35 deputados e o Cidadãos obtém apenas 10 lugares.

Com estes resultados, o bloco dos partidos de esquerda (PSOE, Unidas Podemos e Mais País) totaliza 158, enquanto o bloco de direita (PP, Vox e Cidadãos) alcança 150 lugares. A participação eleitoral é de 69,96%.

Nas eleições de 28 de abril, os socialistas do PSOE tiveram 28,7% dos votos, seguidos pelo PP com 16,7%, o Cidadãos (direita liberal) com 15,9%, o Unidas Podemos (extrema-esquerda) com 14,3% e o Vox (extrema-direita) com 10,3%.

As eleições foram convocadas em setembro pelo Rei de Espanha, depois de constatar que o primeiro-ministro socialista em funções, Pedro Sánchez, não conseguiu reunir os apoios suficientes para voltar a ser investido no lugar na sequência das eleições de abril.

Bloco de Esquerda

A coordenadora do Bloco de Esquerda (BE), Catarina Martins, considerou “pesado e preocupante” o resultado das eleições gerais em Espanha, com a vitória sem maioria absoluta dos socialistas do PSOE e o crescimento da extrema-direita.

“Foram umas eleições com um resultado muito pesado e preocupante”, comentou a líder bloquista, em declarações aos jornalistas, perante o desfecho das legislativas deste domingo, em Espanha.

Ainda assim, Catarina Martins, que falava numa visita à Escola Secundária José Afonso, no Seixal, no distrito de Setúbal, mostrou esperança de que seja possível ultrapassar o impasse político no país vizinho.

“Esperamos que seja possível encontrar uma solução de Governo em Espanha que puxe pelo país, pelas condições concretas. Espanha sofreu muito nos últimos anos com a austeridade”, frisou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend