São Paulo vai abrir Escritório Comercial em Xangai

Da Redação

O Governador João Doria anunciou a abertura de um escritório comercial de São Paulo na província de Xangai. Com custo zero pelo Governo do Estado, já que será financiado 100% pela China, o escritório será inaugurado em agosto deste ano e a perspectiva é que facilite a promoção do comércio, investimentos e o intercâmbio em áreas diversas como educação, inovação e tecnologia.

“Shangai é a capital dos negócios da China. Hoje, estabelecemos os acordos de cooperação, que serão assinados em agosto, na China, com as áreas de agronegócios, tecnologia, infraestrutura, logística e transportes, saúde, desenvolvimento econômico, energia e turismo. Levaremos também os programas de desestatização do Governo do Estado de São Paulo, que forem pertinentes para as áreas de ferrovias, rodovias, aeroportos, portos e programas de desenvolvimento agrícola”, disse Doria.

Este será o primeiro escritório comercial do Estado fora do país. A expectativa é que a iniciativa seja ampliada para outras cidades chinesas.

“Temos uma relação de confiança e de muita expectativa com nossos parceiros chineses, que estão entre os mais fortes do estado e com quem queremos fortalecer e ampliar relações econômicas, mas também institucionais, em múltiplos setores. Nossa missão é detectar oportunidades de investimentos e seguir no fortalecimento para aproximação do Estado de São Paulo e China”, afirmou o Secretário de Relações Internacionais, Julio Serson.

Relações São Paulo e China

O último acordo entre o Estado de São Paulo e o governo chinês foi assinado em novembro do ano passado. Na ocasião, a Câmara de Comércio Internacional da China e Invest São Paulo estabeleceram um acordo com foco na promoção de investimentos e divulgação de atividades das regiões.

São Paulo e China já possuem 11 acordos de cooperação. A maioria dos documentos visa o fortalecimento de relações em setores de investimentos, agricultura e esportes.

Segundo o secretário de Relações Internacionais, o governador João Doria visitará a China de 3 a 10 de agosto para a abertura do Escritório Comercial de São Paulo em Xangai.

“São Paulo quer se abrir para o mundo” disse o secretário, que não deixou dúvida de que, no futuro, outros escritórios poderão ser criados não apenas na China, mas também em outros países.

Julio Sersan descarta a possibilidade de conflito de interesse ou de superposição de ações entre o futuro escritório em Xangai e a Agência de Promoção de Exportação e Investimentos (Apex-Brasil), que tem um escritório de comercial em Pequim. Segundo ele, “o Escritório Comercial em Xangai vai tratar dos assuntos exclusivos do estado de São Paulo, uma ação que chega para somar, não dividir” disse ao portal Comex do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend