Portugueses de Santos celebram Dia da Região Autônoma da Madeira

Da Redação

 

Rancho Folclórico Típico Madeirense.

 

O Centro Turístico, Cultural e Esportivo do Morro do São Bento foi palco na manhã do domingo 1º de agosto do 36º aniversário do Dia da Região Autônoma da Madeira e das Comunidades Madeirenses. O evento contou com portugueses e descendentes, moradores do morro e autoridades municipais.

As festividades tiveram início com missa na Paróquia Nossa Senhora da Assunção. Em seguida, ocorreram no equipamento da prefeitura, com hasteamento de bandeiras, execução dos hinos do Brasil, Portugal e da Região Autônoma da Madeira pela banda do 6º BPM-I. Fechando a programação, houve apresentação do Rancho Folclórico Típico Madeirense do Morro do São Bento.

O prefeito João Paulo Tavares Papa disse que o Centro Turístico é um pedaço da Ilha da Madeira na cidade, pois abriga as atividades do rancho e das bordadeiras do Morro do São Bento, que registrou grande número de imigrantes desta região de Portugal no início do século passado. “Santos é com certeza a cidade mais portuguesa do nosso país”, disse Papa, cujo avô Eugênio Tavares, também é natural da nação europeia.

De acordo com o gestor do Consulado de Portugal em Santos, José Augusto do Rosário, nascido em Cabo Verde, a Madeira é uma ilha com forte vocação turística e que mantém tradições seculares muito fortes. “O centro contribui para a manutenção desta cultura e transmissão das tradições às novas gerações”. A presidente do Rancho Folclórico Típico Madeirense, Claudete Pereira de Souza, explica que o grupo reúne 35 integrantes, a maioria de descendentes de madeirenses. “O Morro do São Bento e o Rancho contam com filhos, netos e até bisnetos destes imigrantes. Com a música e a dança a gente dá continuidade à cultura da Ilha da Madeira”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend