Celeste Mendes entre as Mulheres inspiradoras na Diáspora portuguesa

Da Redação

A revista PORT.COM recolheu os testemunhos de algumas portuguesas ‘de garra’ na Diáspora que, mesmo estando fora de Portugal, conseguiram enfrentar os desafios e triunfar além-fronteiras.

A publicação de Portugal, que aborda a temática da emigração, elaborou a reportagem para marcar o 8 de março, dia Internacional da Mulher, e a sua luta pela igualdade, respeito e dignidade perante uma sociedade complexa que faz, diversas vezes, com que as conquistas alcançadas não sejam universais.

Entre os nomes apresentados na lista, está a da empresária de Santos, litoral paulista, Celeste Mendes. Ela que era esposa do falecido cônsul-honorário de Portugal em Santos, Armenio Mendes, contou em seu depoimento sobre obstáculos que passou e o sucesso da empresa Miramar, hoje uma das maiores empresas de construção do Brasil, fundada por Armenio Mendes.

Confira o depoimento de Celeste na íntegra:

«Saí de Portugal muito jovem, com 19 anos, e vim com o meu marido para o Brasil. Ao longo da vida ultrapassamos alguns obstáculos e conseguimos criar de raiz uma empresa de construção – a Miramar. Eu sempre fiquei mais em casa a tomar conta dos meus filhos e deixava o meu marido livre para trabalhar. Tinha saudades do país, da família, mas sempre mantive a ideia de que íamos vencer e superar os obstáculos que nos iam aparecendo.

Hoje, há 46 anos no Brasil, não voltaria para Portugal.

Quando temos o objetivo de vencer na vida, quando lutamos por isso, conseguimos, porque ninguém vence sem passar barreiras nem dificuldades.

Gosto muito de estar no Brasil, mas o que me ajudou foi o facto de já vir mentalizada, para enfrentar o que fosse necessário. Hoje temos uma vida larga e farta, conquistamos um império, mas no começo tentávamos poupar de todas as maneiras, apesar de nunca ter passado por muitas dificuldades.

Estive sempre na retaguarda do meu marido, a apoiá-lo em tudo e hoje a Miramar é uma das maiores empresas de construção no Brasil. Tenho muito orgulho nisso e nos meus filhos que, neste momento, estão à frente da empresa.»

Leia todos os testemunhos na edição de março da Revista PORT.COM.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend