Eleições: PAN foi a terceira força política nos círculos da emigração

Da Redação
Com Lusa

O PAN foi a força política mais votada a seguir ao PS e ao PSD nos círculos da emigração, com 4,8% dos votos, segundo os resultados eleitorais da Europa e Fora da Europa.

Dos 388 votos obtidos nas legislativas de 2015, 1,3%, o PAN passou para 7.653 votos, correspondendo a 4,8%, sendo o terceiro partido mais votado, atrás do PS, que obteve 26,2% (41.525 votos) e do PSD, com 23,4% (37.060 votos).

Atrás do PAN, o BE obteve 4,75%, ou seja, 7.510 votos, menos 143 do que o PAN. O CDS-PP foi a quinta força política, com 3,3% (5.320 votos) e a coligação PCP/PEV a sexta, com 2% (3.232 votos).

Todos os partidos concorrentes viram aumentada a sua votação face a 2015. O universo de inscritos aumentou em mais quase 130 mil cidadãos nos dois círculos da emigração.

Em 2015, com o PS e o PSD a obterem cada um dois mandatos, a terceira força tinha sido o Nós Cidadãos, que com 2.700 votos representava 9.5%.

O PS venceu as eleições legislativas com 36,34% dos votos e 108 deputados eleitos, quando estão atribuídos todos os mandatos, incluindo os quatro dos círculos eleitorais da Europa e de Fora da Europa.

De acordo com os resultados finais, divulgados pela Secretaria-Geral do Ministério de Administração Interna – Administração Eleitoral, já com os dados das votações nos 27 consulados, o PSD foi o segundo partido mais votado, com 27,76% dos votos e 79 deputados.

Na emigração, os votos dos portugueses elegeram dois deputados do PS e dois do PSD. De acordo com os dados conhecidos pelas 08:50, pelo círculo da Europa o PS elegeu Paulo Pisco e o PSD Carlos Gonçalves, e pelo circulo fora da Europa foram eleitos José Cesário (PSD) e Augusto Santos Silva (PS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend