Ministro: “Vamos fazer as pazes com os torcedores da Portuguesa?”

Da Redação

O Ministro brasileiro da Educação voltou ao twitter para pedir desculpas aos torcedores da Associação Portuguesa de Desportos, depois de uma ‘brincadeira’ publicada ontem, ironizando os protestos contra a política de educação em São Paulo.

“Peço perdão pela piada ao ofender os torcedores Portuguesa. Gosto da Lusa (2o time de coração no futebol e 1o em hokey de patins). Realmente, denegrir a Fabulosa comparando com a UNE foi uma ofensa. Grande abraço!” declarou o ministro Abraham Weintraub em sua rede social.

Depois ainda publicou uma foto vestindo uma camisa da Portuguesa, e destacou: “Vamos fazer as pazes com os torcedores da Portuguesa e sua torcida os Leões da Fabulosa? Amigos?” perguntou. “A camisa é vermelha mas o número NÃO é 13” publicou ainda em outro post, com a camisa da Lusa.

Ontem, em resposta a fala do ministro, a Portuguesa de Desportos escreveu que “o excelentíssimo min. da educação deveria se ocupar em temas mais nobres para o país do que fazer chacota com o sentimento de milhares de torcedores da Portuguesa”.

Na tarde deste dia 14, a Associação Portuguesa que completou 99 anos de fundação, promoveu um ato solene na Lusa.

Também a torcida Leões da Fabulosa divulgou uma nota de repúdio: “Os Leões da Fabulosa repudiam veemente as piadas feitas pelo atual ministro da Educação, Abraham Weintraub, que debochou da Portuguesa e de sua torcida em suas redes sociais. As declarações do ministro revelam o despreparo para um cargo tão importante em nosso país. De maneira preconceituosa e desrespeitosa, o excelentíssimo ministro faltou com respeito aos milhares de torcedores da Lusa e com sua colônia. Isso, em plena comemoração aos 99 anos do clube”.

“A desqualificação para o cargo é tão notória, uma vez que, Abraham Weintraub, ao menos se deu ao trabalho de pesquisar o nome do clube” trazia a nota da torcida, em referência ao nome do clube em que o ministro escreveu errado.

Nota oficial

A Portuguesa de Desportos também divulgou uma nota oficial após as declarações do ministro, confira na íntegra:

“Com muita indignação esta Associação Portuguesa de Desportos que sempre respeitou o Poder Público, e que desde sua origem contribui para o crescimento do desporto no país, recebeu a notícia de um post no Twitter pela conta pertencente ao Ministro da Educação, Abraham Weintraub, que buscando menosprezar uma manifestação popular, comparou-a a uma manifestação de torcedores desta Associação.

Primeiramente Sr. Ministro, devemos alertá-lo que nossa educação não é uma primazia, a despeito de sua própria declaração, que como ministro da Educação, conseguiu em breves linhas desrespeitar a democracia, crenças, ideologias, laços culturais.

Não respeitou uma entidade quase centenária, que ao longo de sua história foi celeiro de diversos craques nacional e internacional.

Para se “defender” de uma manifestação democrática, ofendeu uma nação de apaixonados, menosprezando suas conquistas e lutas. Ofendeu nossas origens e também a profissão digna de muitos.

Aqui não é uma comunidade de padeiros, mas temos entre nós muitos deles, e são orgulhos de nossa origem.

Não somos meia dúzia de pessoas, somos milhões, parte deles silenciados por terem sofrido com a maior vergonha da história do futebol nacional, que culminou com o rebaixamento desta Associação no ano de 2013, algo não apurado de maneira contundente pelo Poder Público, cujos desdobramentos estão presentes até os dias atuais.

Mas continuamos de pé, porque o amor não se mede por divisão, nem por quantidade.

Respeite nossa história, respeite nosso amor.

Hoje, mais do que nunca VAMOS À LUTA.

São Paulo, 14 de agosto de 2019,

99 anos da Associação Portuguesa de Desportos

Alexandre Azevedo Barros

Presidente da Diretoria”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend