Aposentadoria é motivo de preocupação para 79% das mulheres portuguesas

Da Redação

No Dia Internacional da Mulher, o mais recente estudo da Intrum, European Consumer Payment Report, revela que a aposentadoria é um motivo de grande preocupação para 79% das mulheres portuguesas, devido à diminuição dos rendimentos.

De acordo com o estudo da Intrum, mais de metade das mulheres portuguesas (52%) considera que o principal motivo para economizar todos os meses é conseguir ter a capacidade de pagar despesas inesperadas que possam surgir. Os homens portugueses, embora em número mais reduzido, também consideram este motivo um dos mais importantes a ter em conta (46%).

A sustentabilidade é igualmente um tema que tem preocupado, cada vez mais, as mulheres portuguesas, com 60% a referir que o interesse pela área da sustentabilidade levou a que os seus gastos fossem mais limitados.

Os conteúdos online direcionados para o público feminino não são só baseados em tutoriais de maquiagem, penteados ou até mesmo os looks da semana. Atualmente há cada vez mais conteúdos nas redes sociais e plataformas online sobre como gerir finanças pessoais, com o objetivo de acabar com o preconceito de que as mulheres gastam mais do que os homens e que não sabem gerir os seus próprios gastos financeiros.

De acordo com a Intrum, as mulheres portuguesas, para além de se preocuparem com a gestão financeira, são também quem mais se informa e acompanha a evolução das novas tecnologias de forma a desenvolver uma melhor gestão da economia doméstica. Esta constante preocupação em aprender e manter-se atualizado é mais visível nas mulheres (25%) do que nos homens (18%).

O relatório European Consumer Payment nasceu em 2013. Como “catalisador de uma economia saudável”, a Intrum analisa os comportamentos dos consumidores europeus, nomeadamente a sua vida quotidiana, os gastos e a capacidade de gerir mensalmente as suas finanças domésticas.

As informações obtidas no European Consumer Payment Report, basearam-se num inquérito a 24.004 consumidores, conduzido pela empresa de estudos de mercado Longitude (UK). Os dados do relatório de Portugal são baseados em 1.000 entrevistados portugueses, representativos quanto ao gênero, idade e região.

A Intrum é a empresa líder na indústria de Serviços de Gestão de Crédito, com presença em 24 mercados na Europa. Em 2017, a empresa gerou receitas estimadas no valor de 1.269 milhões de euros. A Intrum tem a sua sede em Estocolmo, Suécia, e está cotada na bolsa Nasdaq de Estocolmo. Em Portugal desde 1997, a Intrum tem mais de 220 colaboradores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend