Portuguesa divulga nota oficial sobre demolição das piscinas

Da Redação
Com NetLusa

O presidente da Associação Portuguesa de Desportos, Alexandre Barros, divulgou uma nota oficial para explicar a situação das piscinas do Canindé, em São Paulo.

No comunicado, o mandatário rubro-verde exaltou as tradições, mas salientou que o clube vem sendo alvo da vigilância sanitária e também do Corpo de Bombeiros.

Fotos e vídeo da demolição da piscina olímpica do Canindé tomou conta das redes sociais entre torcedores rubro-verdes, na última semana.

A Portuguesa divulgou que vai utilizar o espaço para locação de eventos. A atitude da diretoria causou revolta de muitos torcedores, que protestaram contra a iniciativa.

Uma outra parte dos lusitanos, no entanto, concorda com a demolição e considera importante utilizar o espaço para o clube arrecadar dinheiro.

Nos últimos meses, o clube social vem sendo utilizado como espaço para realização de eventos terceirados, como baladas e shows.

O atual presidente ressaltou agora em nota que estuda a revitalização da área e de outros espaços no Canindé. Confira a nota na íntegra:

“São Paulo, 05 de junho de 2018
Prezados sócios e apaixonados pela Portuguesa,

Com enorme saudosismo, venho comunicar que o parque aquático do nosso amado clube teve que ser submetido a um processo de reconstrução total, pois, além de estar sempre sendo alvo da vigilância sanitária, a área encontrava-se oferecendo risco de acidentes e perigo aos funcionários, sócios e frequentadores, sendo interditada pelo Corpo de Bombeiros.

Sabemos da importância histórica de nosso parque aquático, mas também devemos ser estritamente responsáveis com a segurança do local, e, conscientes que, apenas saudosismo não supre as necessidades da nossa Portuguesa, considerando, ainda, que a área se encontrava obsoleta e deteriorada, sendo impossível sua inteira recuperação e funcionamento da maneira como era, seja pelos equipamentos danificados e defasados, seja pelo comprometimento estrutural, seja pelo elevado custo de manutenção de uma estrutura arcaica sobretudo frente aos escassos associados.

Assim, diante dessa necessidade de obra em caráter emergencial, estamos estudando cuidadosamente uma revitalização e remodelação da área, inclusive, avaliando novas configurações desse e de outros espaços, para melhor atender os anseios atuais do clube e de seus associados, sempre, almejando e lutando, pela reconstrução da grandiosa Portuguesa de Desportos!

Apesar das inúmeras dificuldades, temos a certeza que a Portuguesa está marchando bravamente num caminho sólido; caminho este que lhe dará condições de emergir e ocupar o lugar que nunca deveria ter deixado!

Alexandre Azevedo Barros
Presidente da Associação Portuguesa de Desportos”

Confira um dos vídeos que circula nas redes sociais das obras no clube:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend