Real Gabinete Português de Leitura promove o seu 9º colóquio internacional

Da Redação

De 3 a 5 de setembro, o Real Gabinete Português de Leitura promove o seu 9º colóquio internacional, sob o tema “Relações luso-brasileiras: imagens e imaginários”.

Organizado pelo seu Polo de Pesquisas Luso-Brasileiras, o evento reúne no Rio de Janeiro especialistas das áreas envolvidas, e motiva os participantes a pensarem como se configuraram imaginários em torno das ideias de brasilidade e portugalidade e como ideias se cruzaram para constituírem modos de estar na cultura de língua portuguesa.

A discussão abordará praticas e processos simbólicos, ideológicos e pragmáticos sobre Portugal e Brasil, em suas múltiplas relações ao longo dos séculos. Seja no campo da Literatura ou Artes em geral, História, Filosofia, Sociologia e outras campos de saber, os investigadores podem pensar configurações imagéticas e imaginários sociais que vêm, no passado ou contemporaneamente, marcando as culturas portuguesa e brasileira.

As linhas de abordagem buscam diferentes reflexões sobre aspectos que unem ou separam essas duas culturas com tantos pontos em comum a partir da língua portuguesa.

A abordagem pretende destacar o interesse numa concepção de imaginário social que lança perguntas e formula algumas respostas para os impasses que o mundo luso-brasileiro vem atravessando na contemporaneidade.

Os participantes com trabalho a ser exposto deverão determinar com qual linha temática sua pesquisa se relaciona, considerando que são bem-vindas todas as pesquisas que tratem das relações luso-brasileiras que se firmam ao longo de quase cinco séculos.

Entre os temas, a produção estética luso-brasileira; a discussão política das relações luso-brasileiras; imagens de nação, imagens de sujeitos; invenção, desconstrução e circulação de imaginários; crítica das culturas de língua portuguesa; geografias da emoção: paisagens em movimento.

Para a sessão de abertura, foi convidado o Dr. Luis Filipe Castro Mendes, Ministro da Cultura de Portugal.

Além de acadêmicos brasileiros, de diferentes universidades do país, participam também representantes da Univ. Católica Portuguesa de Braga, da Fundação Calouste Gulbenkian, do Instituto Politécnico de Portalegre, da Universidade do Porto, e outros.

Em 14 de maio de 2018, o Real Gabinete Português de Leitura completou 181 anos de existência, é a associação mais antiga criada pelos portugueses do Brasil após a independência de 1822.

A sua sede, construída em estilo neomanuelino e que foi inaugurada pela Princesa Isabel em 1887, guarda cerca de 350.000 volumes (milhares de obras raras).

Inscrições para o evento estão abertas no site: http://www.realgabinete.com.br/pprlb/LeitoresInscricao.aspx.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend