Renan Calheiros discute criação da Assembléia Parlamentar dos Países da Língua Portuguesa

Da Agencia Senado

O presidente do Senado, Renan Calheiros, reuniu-se na manhã de terça-feira, 13 de março, com o secretário-executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), embaixador Luís Fonseca, que esteve acompanhado do chefe da missão permanente do Brasil junto à CPLP, embaixador Lauro Barbosa da Silva Moreira. O objetivo foi discutir a proposta de implantação da Assembléia Parlamentar dos Países de Língua Portuguesa.
 
Ao sair da reunião, o embaixador Luís Fonseca afirmou que o presidente Renan prometeu apoio ao projeto que prevê a criação da assembléia e informou que a proposição já está em discussão no Conselho de Ministros em Portugal. O embaixador disse ainda que um dos objetivos da CPLP é a coordenação diplomática da ação desses países na Organização das Nações Unidas (ONU).

Uma demonstração dessa coordenação diplomática é o apoio que, segundo Luís Fonseca, todos os países de língua portuguesa manifestam à reivindicação brasileira por um lugar no Conselho de Segurança da ONU. O embaixador citou também a luta dos paises membros da CPLP pelo reconhecimento na ONU do Timor Leste como país independente.

Por sua vez, o embaixador Lauro Moreira disse que o fato de quatro, de cada cinco pessoas que falam português no mundo, serem brasileiras já define o grau da responsabilidade do Brasil na CPLP.

Lauro Moreira lembrou que a CPLP começou a ser criada em 1989 pelo então presidente José Sarney com uma reunião dos chefes de Estado da Língua Portuguesa em São Luís, quando foi constituído o Instituto Internacional da Língua Portuguesa, hoje um órgão da CPLP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend