Bill Gates recebe homenagem por ajudar países lusófonos

Em 31 de janeiro, o Presidente da República de Portugal Jorge Sampaio condecorou o dono da Microsoft, Bill Gates, com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique, pelo apoio aos países da Lusofonia. “Além do apoio dado ao combate da malária em Moçambique a Fundação Bill e Melinda Gates tem atuado junto de outros países do campo da Lusofonia”, afirmou Jorge Sampaio na cerimônia.

Sampaio exemplificou suas ações com o plano nacional de combate à Sida no Brasil, em 2003, o combate à doença do sono em Angola, a doação feita em 1999 ao International Rescue Fund (IRC), no setor da saúde a refugiados, entre os quais os timorenses que estavam deslocados por conta dos conflitos pós-referendo em setembro de 1999.

Segundo o presidente, a homenagem diferencia os que prestaram “serviços relevantes a Portugal, no País ou no estrangeiro, e a atuação de William H. Gates no campo da saúde a nível global é um desses exemplos”, afirmou.

Durante a sua curta intervenção, Bill Gates citou sua visita a Moçambique verificando o trabalho que estava sendo realizado em combate a malária. Afirmou ainda que a prudência na evolução tecnológica ou na área da saúde não deve deixar uma parte da população mundial à margem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend