Joana e Olivier Anquier homenageados na Casa de Portugal de São Paulo

Um dos apresentadores que destacou a cultura portuguesa na televisão brasileira, principalmente na área da gastronomia, Olivier Anquier esteve no final do ano passado em Portugal para a gravação de uma série de programas sobre a culinária tradicional, mostrando algumas receitas como pastel-de-belém e o bacalhau português, e que foram transmitidos pelo programa Domingo Espetacular da TV Record, no quadro “Diário do Olivier”.

 

Segundo o chefe de cozinha, é muito positivo o reconhecimento de um trabalho feito justamente para “proporcionar emoção e prazer”, uma homenagem de “retorno fenomenal”. E não somente a culinária portuguesa foi elogiada pelo cozinheiro francês como também a receptividade do povo português. “Essa generosidade que eu descobri e que me encantou no Brasil, eu descobri, graças a essa viagem, as raízes dessa originalidade, com os portugueses” disse Olivier ao Mundo Lusíada.

A carioca Joana, filha de portugueses, também foi homenageada pelo trabalho desenvolvido no intercâmbio cultural entre Brasil e Portugal. “Há 18 anos eu tenho levado a minha música para Portugal e, graças a Deus, sempre tão bem recebida como se fosse uma filha da terra” falou ao Mundo Lusíada. “Eu fico muito honrada de ver o reconhecimento da minha música, do meu trabalho, de todo esforço que temos tido durante esses oito anos fora do Brasil”, disse recordando que já teve CD gravado no Coliseu de Lisboa.

Emocionada com o prêmio, a cantora afirmou que a comenda seria colocada em lugar de destaque em sua casa. “É uma felicidade fazer um trabalho que é ligado somente à emoção, e que essa emoção conseguiu atravessar milhares de quilômetros e alcançar outros corações em outros países”, falou a cantora que completou 26 anos de carreira em dezembro último.

A solenidade foi aberta pelo secretário Paulo Machado (ICEP Portugal), e teve seqüência com o presidente em exercício, Julio Rodrigues. Após a entrega das comendas aos homenageados, a cantora Joana fez uma curta apresentação com trabalhos do seu último CD “Joana ao vivo em Portugal”, resultado da viagem ao país para gravação de um DVD. Em sua apresentação na Casa de Portugal, Joana trouxe duas canções brasileiras (“Recado” e “Amanhã Talvez”), e mais duas portuguesas (“Cartas de Amor” e “Olhos Castanhos”). Ao final, fez uma homenagem à Amália Rodrigues, interpretando “Barco Negro”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend