Conselho da Comunidade promove jantar de despedida para o Cônsul de Portugal

A quarta-feira, 13 de dezembro, ficou marcada para o Cônsul-Geral de Portugal em São Paulo. Luis Barreira de Sousa foi recebido num jantar de despedida em sua homenagem, promovida pelo Conselho da Comunidade Luso-Brasileira, no Clube Português de São Paulo. No final deste ano, o Cônsul deixa a unidade para integrar a secretaria-geral adjunta do Ministério dos Negócios Estrangeiros, em Lisboa.

O Cônsul rebeceu, das mãos do presidente da Provedoria Portuguesa, Fernando Ramalho, um jogo de dama. Durante a solenidade, Ramalho disse esperar que o governo português “não esqueça” a Provedoria, e continue ajudando a entidade que vive de doações.

 

A curta solenidade, iniciada pelo presidente do Conselho da Comunidade, Antonio de Almeida e Silva, foi seguida da entrega, pelas mãos do presidente da casa e vice-presidente do Conselho das Comunidades, Dr. Rui Fernão Mota e Costa, de uma placa em homenagem ao trabalho realizado pelo Cônsul. Foi entregue também um mimo pelo presidente da Provedoria Portuguesa de São Paulo. Fernando Ramalho presenteou o diplomata com um jogo de damas.

O Dr. Almeida e Silva agradeceu ao presidente Rui Mota por “abrir as portas” do Clube Português para a realização do evento, citou a presença de presidentes de associações portuguesas, bem como do apoio da Câmara Portuguesa de Comércio, através da presença do seu presidente Antonio Louça Pargana.

O presidente do Conselho das Comunidades disse ter acompanhado de perto o trabalho do Cônsul Luis Barreira, e as mudanças positivas que foram possíveis nesta gestão, apesar de “muitas pessoas não aprovarem”. De acordo com ele, foi “difícil” a concretização do que chamou de “mudança corajosa” dentro do Consulado de Portugal em São Paulo.

Durante seu discurso, Dr. Almeida fez questão de ler uma mensagem do Embaixador de Portugal em Brasília, Francisco Seixas da Costa, que não pode estar presente mas achou justa a homenagem ao “grande servidor público”, Luis Barreira. Segundo ele, o Consulado de São Paulo representa a melhor unidade consular que Portugal dispõe. Ao final, Dr. Almeida disse que o trabalho realizado por Luis Barreira no Consulado de Portugal ficará sempre como uma referência em São Paulo.

Em seu discurso, o Cônsul de Portugal agradeceu os organizadores, dizendo que “alguns de meus amigos em São Paulo decidiram me homenagear”. Mais uma vez, Luis Barreira afirmou que deixa o Consulado com “a mente totalmente tranqüila” diante do seu trabalho e esforço, o qual “valeu a pena”. Assim como sente satisfação no trabalho que agora vai desempenhar em Lisboa.

Fez questão de citar, não somente sobre o trabalho como Cônsul, mas o laço de amizade, as “relações com as pessoas que nos ajudaram e que nós pudemos ajudar, independente de classe, de ser brasileiras ou portuguesas” disse. Sobre a imagem que leva da comunidade no Brasil, sobretudo da perspectiva de São Paulo, cidade que representa o que os portugueses fizeram e que “deu mais certo”. Ao final, agradeceu a contribuição de todos para o resultado positivo do trabalho desenvolvido por ele em São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend