Prefeitura de Santo André convida portugueses da região a apresentar projetos

Por Vanessa Sene

CamaraSA2013

Em entrevista ao Mundo Lusíada, o secretário de gabinete Tiago Nogueira explicou que a prefeitura de Santo André está aberta a receber projetos dos portugueses residentes no município.

“Em nossa nova administração temos uma área que cuida de desenvolvimento econômico, área do comércio, temos área da cultura. Eu acho importante, para além de fazermos uma celebração, precisamos de laços econômicos, culturais com a comunidade portuguesa. Temos uma facilidade que é a língua, então o empresário brasileiro e o português que queira fazer negócio, eles têm essa facilidade. Santo André quer fazer essa aproximação” diz ele.

Entre os temas já abordados esteve a realização de um seminário em que esteja integrado a Câmara de Comércio de Portugal, Consulado de Portugal, e a comunidade local, para “pensar uma pauta de negócios”. A cidade já tem acordos de cidades-irmãs com dois municípios portugueses: Braga e Vouzela.

“Poderíamos fazer um intercâmbio, não só cultural, sobretudo intercâmbio comercial. Nós podemos ter uma pauta de exportação para Portugal, e importar produtos portugueses, e Portugal sendo uma porta de entrada e uma plataforma para os produtos brasileiros, vindos de Santo André. O ABC Paulista tem um PIB maior do que países latino-americanos. Então a atual administração, do prefeito Carlos Grana, tem total interesse em aproximar esses laços”.

A ideia de Nogueira é a realização de um colóquio com a participação de todos para aproximação dos laços. Apesar do início de administração, na altura marcando 105 dias de governo assumido pelo Partido dos Trabalhadores em janeiro deste ano, disse porém que a prefeitura tem recursos para bons projetos, tanto na área econômica, quanto área cultural, abordando pesquisa e intercâmbio de estudantes. Citou pesquisas avançadas em Portugal que podem ser implementadas em Santo André, bem como, a divulgação do cinema português na cidade.

“Nós fizemos há alguns anos uma homenagem à obra do Cervantes, e nós podemos fazer a mesma coisa com a obra de Saramago, Camões e vários portugueses, temos uma infinidade. Então vamos pensar juntos, a secretaria de Cultura está a disposição para receber esses projetos, temos vários espaços de cultura”.

Para início, o secretário adiantou a inauguração da mostra Construtores do Brasil, sob a curadoria da pesquisadora Sônia Maria de Freitas, que estará disponível no espaço Sabina – Escola Parque do Conhecimento.

Para Nogueira, as iniciativas também seriam uma ótima oportunidade do brasileiro se familiarizar mais com a cultura portuguesa. “Eu fico triste quando vemos uma certa americanização da nossa cultura. Ligamos a rádio, ouvimos música em inglês. Temos todos os laços, os governos presidenciais são muito próximos, não temos barreiras do idioma, e acho fundamental aprofundarmos isso”.

Finalizou falando da importância do setor de panificação na região, a qual é dominada pelos empresários portugueses e suas famílias, e bem sucedidas. “É uma tradição, as padarias é uma indústria que emprega muito, gerador de impostos, e acho que o ABC é a capital das padarias, temos as melhores aqui. Para nós é uma marca registrada, o sindicato das panificadoras tem uma escola de formação que a prefeitura pode ser parceira. Entendemos que é um setor dinâmico, pujante que precisa ser valorizado e apoiado” diz ele que se coloca a disposição para atendimento no gabinete do prefeito.

LEIA MAIS >> ABC Paulista inicia comemorações do Dia da Comunidade Luso-Brasileira

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: