Justiça de Minas assina termo de cooperação com a Câmara Portuguesa

O objetivo é viabilizar o intercâmbio cultural, científico, tecnológico e estudantil entre Brasil e Portugal.

 

Da Redação

O presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, José Arthur de Carvalho Pereira Filho, assinou, nesta segunda-feira (10/6), um termo de cooperação com a Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil – Minas Gerais, representada pelo presidente da instituição, Miguel José Rosário da Silva Jerônimo. O acordo tem o objetivo de viabilizar o intercâmbio cultural, científico, tecnológico e estudantil entre Brasil e Portugal.

As ações serão implementadas de acordo com a missão institucional de cada partícipe, incluindo a formalização de parcerias para pesquisa, capacitação científica e compartilhamento de tecnologias e de práticas de gestão. Uma das estratégias para viabilizar a cooperação é a assinatura de parcerias com universidades portuguesas e brasileiras, o que já vem sendo feito, segundo o presidente da Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil – Minas Gerais, Miguel Jerônimo.

Já foi assinado um acordo com a PUC Minas e estão sendo viabilizados outros com três universidades portuguesas, além do Instituto Politécnico de Santana.

“Há todo um potencial na Câmara, e vamos trabalhar em conjunto para divulgar tudo o que temos de bom. Temos que ter acordos com as empresas, os empresários e seus profissionais, mas também já inserindo as universidades, porque são delas que virão nossos próximos profissionais”, afirmou Miguel Jerônimo.

Ele ressaltou que é com “muita honra, gratidão e entusiasmo” que assina o termo de cooperação com o TJMG. “Isto significa muito para a Câmara Portuguesa de Minas Gerais”, disse, principalmente porque nesta segunda-feira (10/6) foi a celebração do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

O presidente do TJMG, José Arthur Filho, afirmou ser com grande alegria que assina esse acordo com a Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil – Minas Gerais. “Estou certo de que essa aproximação será extremamente benéfica para nossas instituições, além de ser oportunidade privilegiada para estreitarmos nossas relações”.

O 2º vice-presidente do TJMG e diretor superintendente da Escola Judicial Desembargador Edésio Fernandes (Ejef), Renato Dresch, disse estar lisonjeado de participar dessa cooperação. “Como escola, precisamos avançar continuamente no aperfeiçoamento das instituições. Como escola precisamos trabalhar continuamente para construir uma sociedade mais livre, mais justa e mais solidária.”

Presenças

Participaram da cerimônia de assinatura do termo de cooperação o presidente do TJMG, José Arthur de Carvalho Pereira Filho; o 2º vice-presidente e diretor superintende da Ejef, Renato Dresch; a superintendente Administrativa-Adjunta de Gestão Estratégica do TJMG, Maria Lúcia Cabral Caruso; o presidente da Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil – Minas Gerais, Miguel José Rosário da Silva Jerônimo; a vice-presidente da Câmara Portuguesa, Maria Inês Vasconcelos; o assessor da presidência da Câmara Portuguesa, Tarcísio Costa; a juíza auxiliar da Presidência do TJMG, Raquel Gomes Barbosa; a assessora do Núcleo de Apoio Técnico-Jurídico (Nutec), Juliana de Almeida Picinin; o diretor executivo de Comunicação, Sérgio Galdino; e o chefe de gabinete da Presidência do TJMG, Adriano Ribeiro.

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: