Mensagem de fim de ano do Embaixador de Portugal em Brasília

Por Jorge Cabral

embaixada_jorgecabralAproveito esta edição do “Mundo Lusíada” para me apresentar e saudar os leitores, em particular os cidadãos portugueses e luso-descendentes que vivem no Brasil.

Recém-chegado a este imenso e diversificado país, pude já atestar a força e diversidade dos laços que unem Portugal e o Brasil, bem como a intensidade das nossas relações, que, também graças ao relevante contributo da nossa Comunidade, que com o seu exemplo, empenho, entusiasmo, seriedade e dinamismo, tanto aqui honra e dignifica o nome de Portugal, se vão permanentemente renovando e reforçando.

Nos últimos anos é, aliás, notória, a vários níveis, a crescente aproximação entre portugueses e brasileiros, fenómeno que tem naturais e imediatas repercussões diretas nas nossas relações bilaterais. A língua que orgulhosamente partilhamos, num universo de mais de 250 milhões de falantes espalhados por quatro continentes, é seguramente uma mais valia-imensa que muito reforça e facilita uma relação de crescente proximidade.

A companhia aérea TAP, numa frequência única que tem vindo a crescer e consolidar-se ao longo dos últimos anos, continua a voar, diariamente, para inúmeras cidades no Brasil, assegurando igualmente a ligação entre o Brasil e a Europa (cerca de 60 voos semanais, para uma dezena cidades brasileiras). É também com enorme satisfação que constato que “Portugal está na moda no Brasil”, continuando a crescer o número de turistas brasileiros que visitam o nosso país. De resto, fora da Europa, o Brasil é, atualmente, o 1º mercado emissor de turistas para Portugal, sendo que apenas este ano (2016), o total de dormidas de turistas brasileiros voltou a ultrapassar um milhão!

Mas também a presença de mais de 6000 estudantes brasileiros a frequentar universidades portuguesas, atesta um reconhecimento implícito da qualidade que o ensino português hoje oferece. Número que, de resto, deverá aumentar, uma vez que há cada vez mais universidades portuguesas que aceitam os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio como pressuposto de ingresso (neste momento já são quase duas dezenas as instituições de ensino superior português que celebraram acordos de reconhecimento daqueles resultados com instituições brasileiras de ensino).

Em termos económicos, o Brasil ocupa um lugar de destaque nas estratégias de internacionalização das empresas portuguesas e o investimento direto brasileiro em Portugal é já significativo. Contudo, haverá que reconhecer que as trocas comerciais entre os dois países, sendo, todavia importantes, denotam ainda uma margem de progressão que justifica um esforço conjunto acrescido, estratégia a que continuaremos a dedicar-nos com grande empenho e dedicação. Lembro, a este respeito, que Portugal é hoje o 41.º mercado para o Brasil, ocupando o 38.º lugar na lista dos seus principais fornecedores; enquanto o Brasil é o 10.º mercado e o 11.º fornecedor de Portugal.

Numa nova e muito relevante dimensão, Portugal começa também a ser reconhecido pelo Brasil como um país de inovação e conhecimento. Aliás, na mais recente Cimeira bilateral luso-brasileira, que ocorreu no dia 1 de novembro findo e foi copresidida pelo Presidente do Brasil e pelo Primeiro-ministro de Portugal, foram assinados importantes compromissos nas áreas da investigação, ciência e tecnologia. A par disso, nos últimos meses foram também assinados alguns acordos inéditos de cooperação entre Portugal e o Brasil para o desenvolvimento e internacionalização de “startups”, abrindo por essa via a porta à implantação de projetos envolvendo microempresas brasileiras e portuguesas, de base tecnológica.

Todos estes exemplos comprovam que a intensidade das relações entre os nossos países, tanto no plano político, como económico, académico, científico, tecnológico e cultural, é uma realidade inquestionável e um destino incontornável, cujo imenso potencial supera sempre as contingências mais adversas de ciclo.

A nossa obrigação é continuar a alimentar um relacionamento saudável e descomplexado, nas mais diversas áreas. Nesse sentido, continuaremos a também a contar com todos, portugueses e luso-brasileiros, para trazer mais Portugal ao Brasil e mais Brasil a Portugal!

Aproveito a oportunidade para desejar a todos os leitores do “Mundo Lusíada” e suas famílias, um Natal tranquilo e em paz e um Ano Novo cheio de esperança e projetos renovados.

 

POR JORGE CABRAL
Embaixador de Portugal em Artigo para o “Mundo Lusíada” dezembro 2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend