Tribunal obriga Assembleia Geral receber todas as candidaturas às eleições no Sporting

Mundo Lusíada
Com Lusa

Bruno de Carvalho, que foi destituído da presidência do Sporting, anunciou que vai entregar lista para as eleições do clube, na sequência da providência cautelar que obriga o presidente da Mesa da Assembleia Geral a recebê-la.

A juíza Raquel Alves, do Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa, decidiu a favor da petição de Bruno de Carvalho, contra a recusa do presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting em aceitar a sua lista para as eleições de 08 de setembro e a proibição de realizar campanha.

“Absolver da instância os requeridos Jaime Carlos Marta Soares e a Comissão de Fiscalização do Sporting (…); Condenar o requerido Sporting Clube de Portugal a admitir a apresentação da candidatura integrada pelos requerentes, na qual é mandatário Pedro Proença; Condenar o requerido Sporting Clube de Portugal no pagamento de sanção pecuniária compulsória, que se fixa em cinco mil euros, por cada dia de atraso na admissão da apresentação da mesma candidatura”, lê-se na decisão, datada de sexta-feira.

“Jaime Marta Soares tem de receber a lista, sob pena de crime de desobediência e pagamento de multa”, disse Bruno de Carvalho, durante uma conferência de imprensa na qual Erik Kurgy se mostrou disponível para liderar o projeto ‘Leais ao Sporting’, caso o antigo presidente permaneça impossibilitado.

Já o presidente da Mesa da Assembleia Geral (MAG) do Sporting, Jaime Marta Soares, assumiu-se disponível para receber todas as candidaturas às eleições no Sporting, desde que seja devidamente combinada a sua entrega.

Jaime Marta Soares reagiu com surpresa à providência cautelar, lembrando que “nunca recusou a apresentação de qualquer lista”.

“Foi com grande surpresa que soube da decisão soberana da sr.ª juíza, pois nunca me chegou da parte da lista do dr. Bruno de Carvalho o pedido para a apresentação de uma lista. Não corresponde à verdade. Não recusaremos a apresentação de qualquer lista, mas a sua entrega terá de ser combinada com o presidente da MAG através do respetivo mandatário”, esclareceu Marta Soares.

O líder da MAG disse ainda desconhecer a entrega da candidatura liderada pelo ex-presidente do Sporting durante esta tarde.

“Não fui informado de qualquer entrega. Não tenho conhecimento e não estarei sequer em Alvalade. Estatutariamente só quem pode receber a candidatura é o presidente da MAG e este não pode pautar a sua agenda por comunicados através da comunicação social”, frisou o dirigente ‘leonino’, explicando que há formalismos a cumprir.

“Estou disponível para todos, por isso não percebo este tipo de atitudes de desrespeito permanente pelos estatutos. Tudo isto são invenções para fazer algum espetáculo”, concluiu.

As eleições no Sporting estão marcadas para 08 de setembro e, até ao momento, foram formalmente apresentadas as candidaturas de Frederico Varandas, Pedro Madeira Rodrigues e João Benedito.

Além destes e de Bruno de Carvalho, que foi destituído do cargo, também se assumiram como candidatos Carlos Vieira, Fernando Tavares Pereira, Dias Ferreira, José Maria Ricciardi e Rui Jorge Rego.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend