Primeiro concurso de casas de renda acessível em Lisboa teve 3.170 candidaturas

Da Redação
Com Lusa

O primeiro concurso de casas de renda acessível em Lisboa teve 3.170 candidaturas e o sorteio desta primeira bolsa de 120 habitações será realizado no mês de fevereiro, anunciou a Câmara Municipal da capital.

O prazo de inscrição para este primeiro concurso terminou sexta-feira às 14:00 (horário de Lisboa).

De acordo com uma nota da autarquia, o sorteio das casas irá realizar-se “ainda durante o mês de fevereiro”, em data “a anunciar em breve”.

Os candidatos que não sejam contemplados com nenhuma das 120 casas do primeiro concurso mantêm a inscrição do Programa de Renda Acessível (PRA) e serão notificados da abertura de novas bolsas de renda acessível.

Segundo a autarquia, está previsto “ainda para este ano” o lançamento de mais dois concursos no âmbito do PRA, estando já a construir ou recuperar mais 250 casas.

Para o primeiro concurso do PRA, a Câmara de Lisboa recuperou 120 habitações em diversos pontos da cidade, com tipologias T0 a T4.

O aluguer destas casas irá custar entre 150 e 800 euros, em função do rendimento do agregado.

Na nota, a autarquia refere que “os valores das rendas não podem ultrapassar 30% do rendimento mensal líquido das famílias, com redução de 2% por cada filho”.

O primeiro concurso foi lançado em 12 de dezembro, altura em que a Câmara apresentou o novo portal Habitar Lisboa, que vai concentrar todos os programas de habitação do município: Renda Acessível, Renda Apoiada e Subsídio Municipal ao Arrendamento.

“O município de Lisboa, em face das necessidades de habitação, está também a estudar outras formas de relação com a administração central e até de mobilização de propriedade privada para arrendamento acessível, com apoio financeiro e incentivos fiscais”, lê-se ainda no comunicado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend