Universidade do Porto é a melhor do país no ranking QS, USP a melhor do Brasil

Mundo Lusíada

A Universidade do Porto surge, pelo sexto ano consecutivo, como a melhor universidade portuguesa no ranking QS World University Ranking, considerado um dos mais importantes e reputados rankings internacionais do Ensino Superior.

Líder do país no ranking desde 2014 (ano em que ocupava a posição 348 a nível global), a U.Porto ocupa agora o 328.º lugar entre as melhores universidades do mundo, à frente das universidades de Lisboa (355.ª) e Nova de Lisboa (405.ª), que fecham as três primeiras portuguesas. Seguem-se as universidades de Coimbra (407.ª), Aveiro (531-540), Minho (651-700) e Católica Portuguesa – UCP (751 – 800).

Numa análise aos principais indicadores analisados, destaca-se a presença da Universidade do Porto no 212.º lugar mundial no que toca à reputação acadêmica. A U.Porto distingui-se ainda pelo número médio de citações por docente, registrando uma subida de quatro lugares – do 208.º para o 204.ª – face ao ano passado.

Promovido pela consultora britânica Quacquarelli Symonds (QS), o QS World University Ranking 2019 avalia o desempenho de mais de 4500 instituições de 85 países, de acordo com seis indicadores: a reputação acadêmica, a reputação entre empregadores, a relação entre corpo docente e estudantes, as citações por docentes, os estudantes internacionais e os docentes internacionais. Para esta análise contribuem as respostas de 83 mil acadêmicos e mais de 42 mil empregadores.

Globalmente, o QS ranking 2019 volta a ser liderado por três instituições de ensino norte-americanas. No contexto europeu, a U.Porto destaca-se no 144.º lugar, entre um total de 391 universidades analisadas.

Segundo a reitoria, a U.Porto foi distinguida entre as 300 melhores do mundo em 22 das áreas de estudo avaliadas no “QS World University Rankings by Subject”. A este nível, a U.Porto registra a sua melhor classificação nas Engenharias e Tecnologia, subindo quase 50 lugares – da 184.º posição até à 135º, a melhor posição alcançada por uma universidade portuguesa – face ao ano anterior. Uma tendência que se repete nas Ciências da Vida e Medicina (278 para 227), Ciências Sociais e Gestão (310 para 280), Artes e Humanidades (315 para 295) e Ciências Naturais (385 para 302).

Do Brasil

A USP – Universidade de São Paulo é a 118ª melhor universidade do mundo, de acordo com o mesmo ranking divulgado no dia 6 de junho. Subindo três posições em relação ao ano passado, essa é a melhor colocação alcançada pela Universidade desde que o ranking começou a ser publicado, em 2004.

Além da USP, outras 21 instituições brasileiras foram classificadas entre as melhores. A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) ficou na 204ª posição, seguida da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), na 361ª; a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), na 464ª e a Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, na 491ª posição.

No topo da lista estão o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT, na sigla em inglês) – que lidera o ranking pelo sétimo ano consecutivo –, seguido da Universidade de Stanford (2º), da Universidade de Harvard (3º) e do Instituto de Tecnologia da Califórnia (4º), todas instituições norte-americanas. A Universidade de Oxford, do Reino Unido, completa a relação das cinco melhores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend