Portugal deve ter parcerias com Brasil e Espanha para promover o ensino da língua

Da Redação
Com Lusa

O presidente do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua defendeu uma parceria entre Portugal e Espanha para a promoção da língua portuguesa, não só nas zonas fronteiriças, mas também nos países da América Latina.

“Portugal deve ter parcerias com dois países, o Brasil e Espanha, para promover o ensino da língua portuguesa”, afirmou o embaixador Luís Faro Ramos, realçando que com o Brasil trata-se de “dar continuidade a uma parceria já existente”, que já levou ao ensino conjunto do português nas Nações Unidas.

Já no caso de Espanha, o objetivo “é promover o ensino do português nas zonas fronteiriças entre os dois países, mas também nos países da América Latina”, revelou.

O diplomata defendeu as duas parcerias na sua intervenção na sessão de abertura do Seminário sobre Cooperação, Cultura e Língua, organizado pelo Camões.

Em declarações à Lusa, o Presidente do Camões disse que no próximo dia 21 receberá em Lisboa o novo Diretor do Instituto Cervantes e “o assunto será abordado”.

O seminário nesta segunda-feira, organizado pelo Instituto Camões, destinava-se a adidos, conselheiros e técnicos setoriais de cooperação para o desenvolvimento, coordenadores de projetos de cooperação bilateral e delegada, adidos e conselheiros culturais, responsáveis de cátedras, leitores e coordenadores de ensino de português no estrangeiro e adjuntos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend