“Portugal tem de aproveitar o potencial da diáspora no investimento”

Dos atuais 102 municípios com GAE, passa a haver “cerca de 130”, cujos protocolos serão assinados, em princípio, “em julho”, quando “uma grande parte dos emigrantes” está em Portugal, informou José Luís Carneiro, sublinhando que estes municípios serão os primeiros a celebrar o novo protocolo destes gabinetes “de nova geração”

22 Abril: BRASIL – UM PAÍS AUTOFÁGICO?

Ao contrário dos norteamericanos, que todos os anos celebram sem complexos e com orgulho o dia de Colombo (12 de Outubro é feriado nos EUA) os brasileiros não celebram nem nunca celebraram o dia da descoberta do país pela frota de Pedro Álvares Cabral.

Com 500 pessoas, mais uma vindima de sucesso na Casa de Portugal SP

Com um público médio de 500 pessoas, o grupo folclórico da casa preparou 550 cestas de uvas para serem distribuídas ao público. Ao todo, 700 quilos de uva vindos direto do Rio Grande do Sul foram destaque no evento que representou a colheita e pisa de uvas no palco da casa, além das uvas aos convidados.

A tradição da Vindima na festa de março do Verde Gaio de Santos

Centro Cultural Português de Santos, entidade luso brasileira presidida por José Duarte Alves, realizou através do seu Rancho Folclórico Verde Gaio, sua tradicional “Festa da Vindima” no sábado, dia 12 de março, em seu belíssimo salão de festas da sede social

Conselho da Comunidade de SP elege chapa única por aclamação

A chapa “Valentim dos Santos Diniz” segue agora a gestão do biênio 2016 / 2018, comandada pelo presidente reeleito Antonio de Almeida e Silva.

Associação cria ‘site’ para ser a maior base de dados da diáspora portuguesa no mundo

Além do diretóriode contatos, que pretende estar em constante atualização, a plataforma pretende disponibilizar notícias sobre Portugal e a diáspora, bem como divulgar iniciativas, personalidades e casos de sucesso referenciados por entidades ou Portugueses residentes no estrangeiro. Neste sentido, o Mundo Lusíada, direto do Brasil, também é um dos parceiros do projeto.

Ministro acusa anterior governo de empurrar emigrantes para “fora do país” e efeitos “devastadores”

“O grande mal que se fez à emigração nos últimos anos foi o efeito de discurso, foi a atitude que se teve. A ideia de que era possível partir os portugueses em duas categorias, entre os que tinham medo e ficavam, e aqueles que se aventuravam e saíam da zona de conforto ou lá como se dizia”, disse Augusto Santos Silva no parlamento, durante o debate na especialidade da proposta de Orçamento do Estado para 2016.

Deputado defende no parlamento Programa de Intervenção Cultural no Brasil, partidos votam contra

Segundo José Cesário, “o incêndio que recentemente destruiu integralmente o Museu da Língua Portuguesa de São Paulo uniu todas as bancadas desta Casa (AR) na solidariedade que então todos manifestamos às autoridades brasileiras, a começar pelo Governo do Estado de São Paulo, e à Fundação Roberto Marinho, responsáveis pelo empreendimento”.