Estado Português homenageia personalidades no Consulado Geral em São Paulo

Embaixador Jorge Cabral procedeu entrega de condecorações pelo “Dia Nacional”.

Por Odair Sene

O Consulado Geral de Portugal em São Paulo, através do novo Cônsul Geral, Paulo Jorge Pereira Nascimento, recebeu na tarde de 22 de novembro, juntamente com o Embaixador de Portugal no Brasil, Jorge Cabral, vários líderes associativos ligados à comunidade portuguesa, bem como membros do Conselho da Comunidade Luso-Brasileira e líderes empresariais para uma cerimônia de condecoração para quatro pessoas e mais uma instituição, a Provedoria Portuguesa.
Logo após a abertura protocolar feita pelo Cônsul Adjunto, Hugo Gravanita, e sem maiores delongas, o Embaixador falou e cumprimentou a todos em nome do Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, para proceder à entrega das condecorações honoríficas portuguesas a cidadãos nacionais e brasileiros ali destacados.
Jorge Cabral valorizou a qualidade e o trabalho das pessoas distinguidas, citando os homenageados, como o Sr. Carlos Ernesto Cabral de Mello, um dos maiores e mais destacados especialistas brasileiros em vinhos, com praticamente 50 anos de dedicação à vinicultura, sendo um grande responsável pelos vinhos portugueses serem hoje segundo mais consumido no Brasil, ficando atrás apenas dos chilenos.
O Embaixador também referiu ao trabalho de décadas realizado pelo Vereador António Monteiro Filho, conhecido apenas por “Toninho Paiva”, que ocupa lugar de destaque político na maior cidade de língua portuguesa do mundo.
Falou do trabalho social realizado pela Provedora Portuguesa, na defesa dos nacionais portugueses, particularmente dos mais carenciados e vulneráveis numa cidade fundada por portugueses e ainda hoje sendo a maior comunidade “estrangeira” presente no país.
Outro citado e também agraciado foi o Dr. José Renato Nalini, um jurista, professor, escritor, magistrado e político brasileiro. Foi desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, onde exerceu a presidência, e Secretário da Educação do Estado de São Paulo, lembrado pelo Governo português assim como o Secretário de Governo do Estado de São Paulo, Saulo de Castro Abreu Filho, pelo trabalho de ambos em prol da sociedade brasileira, especialmente pelos esforços realizados para, em conjunto com o Consulado Geral de Portugal em S.Paulo, levar a bom porto a cessão de um imóvel para albergar a futura Escola Portuguesa de São Paulo e, desta forma, concretizar um sonho de muitas gerações de emigrantes portugueses na cidade.
Feitas as referências, procedeu-se as entregas das homenagens. Para Dr. José Renato Nalini, Saulo de Castro Abreu Filho (que foi representado pelo Sr. Ivan Agostinho), Carlos Ernesto Cabral de Mello, o Vereador Toninho Paiva, e finalmente o Lar da Provedoria Portuguesa de São Paulo, representada pelo atual presidente Oscar Ferrão, e pelos ex-presidentes, Paulo Porto Fernandes e Fernando Ramalho.
Falando ao Mundo Lusíada, o Embaixador de Portugal no Brasil, Jorge Cabral, que veio de Brasília para dois compromissos em São Paulo, explicou o porquê das distinções, segundo ele, acontece tradicionalmente, e por ocasião do Dia de Portugal de Camões e das Comunidades Portuguesas (10 de Junho), é costume o Estado português distinguir pessoas que nos países (de acolhimento) sendo nacionais ou estrangeiros neste caso, brasileiros ou portugueses, que de alguma forma se destacaram no trabalho ou atuação que tiveram, geralmente em benefício de Portugal, na promoção do país, especialmente no reforço das relações entre Portugal e o país de acolhimento (onde residem), neste caso o Brasil.
Justificando portanto as várias homenagens feitas em vários estados brasileiros no Dia Nacional e na sequência dos meses conforme a agenda vai permitindo se fazer essas solenidades. Apesar de acontecer especificamente pelo “Dia de Portugal”, há sempre um tramite burocrático, um tempo para confecção das insígnias, medalhas, emissão dos diplomas, etc; e ao final isso é enviado para as Embaixadas, sendo o Embaixador a única pessoa responsável pela condecoração, a entrega propriamente.
Conforme Jorge Cabral, isso é antes de tudo “um estímulo e um reconhecimento” do Estado português aos cidadãos, portugueses ou não que promoveram, ou promovem seu país, “é um merecido reconhecimento”, disse ele ao Mundo Lusíada.

Visita de cortesia a Bolsonaro – Jorge Cabral veio a São Paulo para a referida solenidade no Consulado, com compromisso a noite num evento da Câmara de Comércio. No entanto nesta mesma quarta feira, pela manhã, o Embaixador fez uma visita de cortesia ao presidente brasileiro recém eleito, Jair Messias Bolsonaro, encontro acontecido na capital federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:

Send this to a friend