Passos Coelho afirma que não se demite e não “abandona” o país

Passos Coelho, disse que “seria precipitado aceitar o pedido de demissão” de Paulo Portas, portanto não propôs a exoneração ao Presidente da República Cavaco Silva. “Não me demito. Não abandono o meu país. Abraço, como sempre abracei, o serviço ao meu país com a mesma dedicação e com a mesma esperança”, afirmou Passos Coelho, numa declaração feita na residência oficial em São Bento.

Há mais na ‘terrinha’ do que se pensa, diz cônsul no Dia de Portugal em São Paulo

A função dos dois governos, segundo ele, é manter as relações bilaterais em diversas áreas, além de multiplicar as oportunidades de colaboração ainda não exploradas, citando que esse é seu objetivo diplomático. Entre os exemplos realizados desde que chegou a São Paulo, está o Consulado Móvel, além de rodadas de negócios pelo interior, e o regime especial de visto para investidores.

Dilma se reúne com Mario Soares e oposição portuguesa

A reunião tratou das relações entre Brasil e Portugal e de investimentos. De acordo com Seguro, os investimentos portugueses no Brasil não devem ser considerados estrangeiros, mas “investimentos de um país amigo”.

BNDES poderá financiar empresas brasileiras em programa de privatização do governo de Portugal

O governo federal vai lançar um edital para pesquisa e cooperação entre Brasil e Portugal na área de nanotecnologia, segundo o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, em entrevista à imprensa, ao chegar à capital portuguesa. Mercadante informou que também está sendo preparado um edital para cooperação técnica nas áreas de biotecnologia e tecnologia de informação e comunicação.

Dilma em Lisboa: Empresários portugueses querem estreitar aproximação com o Brasil

Formam a comitiva presidencial os ministros Antonio Patriota, das Relações Exteriores, Fernando Pimentel, do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Aloizio Mercadante, da Educação, e Helena Chagas, da Secretaria de Comunicação Social, além do assessor especial da Presidência da República para Assuntos Internacionais, Marco Aurélio Garcia.

Senadores brasileiros são recebidos em Lisboa e veem interesses convergentes

Também Renan Calheiros informou que pretende criar um grupo de representação do Congresso Nacional brasileiro junto à Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP). O objetivo é promover pautas legislativas em favor do desenvolvimento social e cultural de todos os países integrantes do bloco.

Portugal propõe parceria estratégica com o Brasil

O vice-presidente brasileiro, Michel Temer, recebeu em 22 de maio o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, em Brasília, que propôs uma parceria estratégica na área econômica e de negócios entre os dois países. Apesar dos impactos da crise econômica internacional na Europa, o ministro acredita que Portugal vai retomar o crescimento num futuro próximo. “Não há como sair da crise sem desenvolvimento econômico”, disse Portas ao vice-presidente.

Delegação portuguesa encontra autoridades brasileiras em Brasília e Rio

Em Brasília, a delegação portuguesa se reuniu com o vice-presidente da República, Michel Temer, com o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, além do presidente do Senado Federal, Renan Calheiros, da ministra-chefe da Casa Civil da Presidência da República, Gleisi Hoffmann.

Consulado Móvel Português chega a Sorocaba

O projeto visa atender portugueses, brasileiros e luso-descendentes que vivem e trabalham nas regiões mais distantes da capital de São Paulo, onde fica a sede do Consulado, diminuindo a necessidade de se percorrer grandes distâncias e os custos com viagem.

Portugal anuncia corte de 30 mil cargos públicos e divide base aliada

A medida faz parte do pacote de austeridade que visa a equilibrar as contas do país europeu. A expectativa é cortar 4,8 bilhões de euros de despesas até 2015. Em pronunciamento ao país, o primeiro-ministro disse que as demissões são necessárias para o cumprimento das metas orçamentárias nos próximos anos.

Portugal vive pior momento desde 1974, critica ex-presidente Mário Soares

Quando esteve no poder pela segunda vez, Soares implantou (com apoio do Fundo Monetário Internacional) um programa de estabilidade financeira para enfrentar déficits na balança de pagamentos, inflação e desemprego que afetou 350 mil pessoas. Ele julga, entretanto, que, em vez de medidas pontuais, o governo de Pedro Passos Coelho se perdeu em dois anos de austeridade.

Brasil quer parceria com Portugal para inovação tecnológica

O Brasil e Portugal vão desenvolver projetos de cooperação para inovação entre pequenas e médias empresas, para o funcionamento de parques tecnológicos e para áreas de engenharia industrial. Na última semana, uma missão do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) esteve em Lisboa para a discutir um programa de trabalho bilateral.

Troika: Governo português precisa solucionar buraco orçamentário

Os técnicos da Troika – formada pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), Banco Central Europeu (BCE) e pela Comissão Europeia (CE) – estiveram na sede do Ministério das Finanças em Lisboa para saber que medidas o governo vai tomar para cobrir 1,326 bilhão de euros de gastos não previstos no Orçamento do Estado 2013, considerado parcialmente ilegal pelo Tribunal Constitucional.