mundolusiada

Reconhecimento de títulos de engenheiros portugueses no Brasil é tema em seminário

A dificuldade enfrentada pelos engenheiros portugueses para o exercício da profissão no Brasil foi destacada no último dia 3 na abertura do Seminário Diplomático pelo ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal, Paulo Portas, na capital portuguesa. Segundo ele, “não há nenhuma razão para que os engenheiros portugueses não possam assinar seus projetos, ainda mais em um país irmão como o Brasil”.

Pauliceia ainda desvairada

A história da cidade de São Paulo, que completa neste 2013 seus 459 anos de vida, nos causa admiração e apreensão ao mesmo tempo. Isto porque São Paulo, que foi fundada pelos jesuítas Manoel de Nóbrega e José de Anchieta no século XVI, até o início dos oitocentos tinha pequeno significado no contexto colonial.

Vinhos Verdes vão investir 2,8 milhões de euros em 2013

Com os dados relativos ao primeiro semestre de 2012 a apontarem para um crescimento recorde das exportações – 7% em valor e 12 em volume –, o que acontecerá pelo 12º ano consecutivo, o presidente da CVRVV estabelece como objetivo para este ano “reforçar a aposta nos mercados estratégicos do Vinho Verde”, ou seja, EUA, Alemanha, Canadá, Brasil, Suíça, Suécia e Reino Unido.

Colunista do Mundo Lusíada coordena associação de Lisboa em São Paulo

O colunista do Mundo Lusíada, Adriano Augusto da Costa Filho, informa que foi nomeado “delegado/coordenador” da Associação Portuguesa de Poetas (APP) de Lisboa, Portugal, em São Paulo, a maior entidade de poesias da língua portuguesa e a única registrada e aprovada pela Unesco.

FICANN será o primeiro grande evento de negócios em Fortaleza em 2013

A Feira Internacional de Calçados e Artefatos Norte/Nordeste (FICANN), que vai integrar a Nordeste Prêt à Porter – Feira Internacional de Negócios para a Indústria de Moda, Confecções e Acessórios, ficará sediada no Centro de Eventos do Ceará, o que, para governador do Estado, Cid Gomes, será apenas o início da chegada de outros grandes eventos do gênero.

“Severa”, a maior cantadeira de fados de todos os tempos

Não há algum cidadão do Portugal moderno, que nunca ouviu falar da “SEVERA”, a maior cantora de Fados de todos os Tempos.
Essa figura gigantesca do Fado nasceu em Lisboa no ano de 1820 e morreu no ano de 1846, portanto, com apenas 26 anos, e em virtude de uma doença perniciosa, a tuberculose. Na verdade ela tornou-se um mito do Fado em razão de que o grande escritor português JULIO DANTAS escreveu uma novela “A Severa” e posteriormente por vários autores sobre a sua vida, em teatros, cinemas e livros.
Na vida real ela era uma prostituta de rara beleza e cantava o fado na Rua do Capelão em uma taberna, e ali nos seus anos dourados espalhava a loucura entre os ouvintes, tanto pelo fado magistral que cantava, como pela sua beleza estonteante, como na realidade tornou-se após a sua morte como a “Deusa do Fado Eterno”. Além de ter tido vários amantes em razão da sua beleza pessoal e como prostituta, o mais célebre de todos foi o “Conde de Vimioso”, o qual ficou na verdade apaixonado por ela, pela sua beleza, pelo cantar do fado e pelo tocar a guitarra.
Ela era adorada e deixava paixões ao “léu”, como dos artistas, de políticos e de fidalgos e ela que tivera uma vida irregular, uma vida pobre, mas cheia de encanto e graça, morreu de uma doença irreversível para a época e morreu pobre e abandonada no bordel que sempre ativou a sua beleza,isso no ano de 1846 e na Rua do Capelão,e ao morrer as suas últimas palavras foram “Morro, sem nunca ter vivido”.
Ela nasceu na Mouraria, era filha de Severo Manuel e Ana Gertrudes e eles eram donos da taberna de nome “A Barbuda”, e veio a falecer no dia 30 de Novembro e foi sepultada no Cemitério do Alto de São João, numa vala comum, conforme o seu registro.
A Severa, cognome artístico, tinha o nome original de MARIA SEVERA ONOFRIANA, seu pai era de origem cigana e a mãe de Ovar e a mãe como a filha também foi celebre prostituta. Portanto, uma vida muito sofrida, mesmo porque seguiu os passos da própria mãe, nunca tendo chegado a um verdadeiro amor pessoal, embora tivesse inúmeros amantes apaixonados, mas, na realidade eram tão somente amantes.
O amante Conde de Vimioso foi na realidade o seu verdadeiro amor, o homem amante que era por ele apaixonada, o Conde era um homem bastante vistoso, bonitão, mas também era um leviano, após a paixão pela Severa a abandonou e foi juntar-se a outra cigana, o que a deixou miseravelmente atordoada e como já a doença lhe era mortal, não conseguiu resistir a esse desfecho.
Segundo um registro do Cemitério de Lisboa oriental, do Alto de São João ela faleceu na Rua do Capelão e já era uma música famosa dela ao cantor a “Rua do Capelão”, portanto, a Deusa do Fado morreu e mais de 150 anos após a sua morte os fados por ela cantados são recordados por dezenas dos mais famosos cantores do maravilhoso fado português.
Ela morreu e foi enterrada em vala comum, seu desejo para que as suas amigas o fizessem e pela canção que ela cantava em vida:
Tenho vida amargura
Ai que destino infeliz!
Mas, se sou tão desgraçada
Não fui eu que assim quis.
Quando eu morrer, raparigas
Não tenham pesar algum
E ao som da vossas cantigas
Lancem-me na vala comum !!!
Portanto, olor a essa Deusa do Fado, que gerações e gerações posteriores à sua vida, dignificaram o cantar do Fado dessa brilhante cantadeira, para honra e glória do nosso querido e eterno PORTUGAL.

Estado Laico não é Estado ateu

Li artigo de Lenio Streck, eminente constitucionalista gaucho, em que, até com certa ironia e um misto de humor britânico e local, destrói todos os argumentos da pretensão de membro do Ministério Público, que impôs ao Banco Central 20 dias para retirar das cédulas do Real a expressão “Deus seja louvado”. Concordo com todos seus argumentos.

Feliz Ano Novo… Tomara!

Um crescimento do PIB – Produto Interno Bruto que ficará somente em torno do 1%, de acordo com os analistas. É o tipo da lembrancinha indigesta, que chega para chamar a atenção de que algo não caminha como se deve.

Projetos do Brasil e Portugal ganham prêmio do ONU-Habitat

Um projeto brasileiro está entre os 12 vencedores do Prêmio Internacional Dubai de Melhores Práticas 2012, promovido pelo Programa da ONU para Assentamentos Humanos, ONU-Habitat e o município de Dubai, nos Emirados Árabes.

Ceia e almoço de Ano Novo também podem aliar pratos saudáveis e saborosos

Meu Prato Saudável, maior projeto de reeducação alimentar do Brasil idealizado pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP e o Instituto do Coração (Incor), unidades ligadas à Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, mostra que é possível manter uma boa alimentação, mesmo nesta época do ano.

Mensagem de Ano Novo do Presidente de Portugal

O desemprego, em especial entre os jovens, atingiu uma dimensão preocupante.
Muitas famílias foram obrigadas a reduzir as suas despesas do dia-a-dia, mesmo em bens essenciais a uma vida digna.
Muitas pequenas e médias empresas encerraram as suas portas, devido à quebra da procura de bens e serviços.

Últimas do Rio: Luso-descendente reforça segurança

A igreja de Santo Antônio dos Pobres, no Centro do Rio, completou três anos fechada, após ter sido interditada em virtude do abalo na sua estrutura, após a construção de duas torres de prédio na região. A obra afetou também outras construções antigas na região.

Destaques da Semana: Taça de Portugal

O vencedor de V.Guimarães x Braga enfrentara o vencedor de Arouca x Belenenses; assim como o vencedor de Paços de Ferreira x Gil Vicente enfrentara o vencedor de Acadêmica x Benfica ou D.Aves.

Presidente do Conselho da Comunidade recebe Título de Cidadão Paulistano

O plenário lotado da Câmara Municipal de São Paulo foi marcante, na noite de 11 de dezembro. Era a noite em que o presidente do Conselho da Comunidade Luso-Brasileira de São Paulo, o português Antonio de Almeida e Silva, recebia o Título de Cidadão Paulistano, a mais alta honraria da casa.

Alberto Barreiros ganha homenagem da comunidade no seu aniversário

O Ex-presidente do Centro Cultural Português de Santos – sede cultural, Alberto Barreiros, aniversariou em 15 de dezembro e recebeu uma homenagem da comunidade portuguesa em Santos. Nesta noite em que recebeu amigos, familiares e diretores da entidade, para um jantar comemorativo de aniversário, Barreiros ganhou uma placa em sua homenagem colocada na Galeria dos Presidentes do Centro.

“O Brasil pode ser o grande parceiro do nosso país”, avalia José Cesário

No Rio e em São Paulo, o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Cesário, não se esquivou das perguntas. Mostrou otimismo no futuro de Portugal e assumiu que medidas para conter a crise ainda vão perdurar. Na cidade maravilhosa, o secretário de Estado conversou com a nossa reportagem, no dia 6 de dezembro, num ambiente privado na sede do consulado-geral de Portugal, onde estava tendo lugar a primeira Mostra do Imobiliário Português.

CGD apresenta no Rio propostas para conquistar investidor brasileiro

Através da presença do banco público Caixa Geral de Depósitos (CGD), o evento ficou marcado pelas ofertas de crédito e de imóveis a “preços competitivos”. Taxas de juros mais baixas e produtos para investidores específicos, como garantia de residências já com inquilino, foram alguns dos diferenciais apresentados por essa instituição financeira.

Brasil deve esperar Portugal para Acordo Ortográfico

A declaração foi dada à Rádio ONU pela senadora, Ana Amélia (PP-RS), que é autora do projeto. Segundo ela, a iniciativa servirá para harmonizar o processo da reforma com Portugal, que escolheu 2015 para finalização da entrada em vigor.